CANAL

Rosalina Moura

Psicóloga, coach e terapeuta. Fundadora da Rumo Saudável, consultoria especializada em programas de gerenciamento do estresse e saúde emocional nas empresas.

Nos últimos tempos ouvimos muito falar de estresse, geralmente com conotação negativa. Embora seja visto como um vilão o estresse tem seu lado bom e em doses adequadas ele prepara o nosso corpo e mente para lidar com os desafios da vida, aumenta a nossa energia, a motivação e o foco. No entanto, quando ficamos muito tempo sob níveis elevados de estresse ele se torna nocivo e passa a afetar a saúde física e psíquica, impactando negativamente em todas as áreas da vida.

FIQUE ATENTO AOS PRINCIPAIS SINAIS DO ESTRESSE EXCESSIVO:  

Eles podem ser físicos, psicológicos e comportamentais como:

  • Irritabilidade / mau humor
  • Ansiedade / tensão
  • Pensar no mesmo assunto
  • Dificuldade para ter ideias novas
  • Cansaço excessivo
  • Perda de vontade de fazer as coisas, mesmo de lazer
  • Sentimentos de incompetência
  • Dificuldade para decidir coisas simples
  • Mudanças no apetite
  • Respiração ofegante
  • Distúrbios de sono
  • Problemas gástrico e dermatológicos
  • Baixa concentração
  • Alterações de memória
  • Queda de produtividade

PERDA DE PRAZER

É comprovado que o estresse excessivo pode levar a doenças como depressão, ansiedade, distúrbios gastrointestinais, doenças cardíacas, problemas dermatológicos, câncer, AVC e até ao esgotamento físico e mental.

COMO MANTER O ESTRESSE SOB CONTROLE

O nível de estresse depende de vários fatores, entre eles como cada pessoa encara e lida com o que acontece na sua vida. O autoconhecimento e o desenvolvimento de estratégias e recursos internos para lidar com as dificuldades e desafios são fundamentais.

Para manter o estresse sob controle e usá-lo em seus aspectos positivos, estas atitudes e mudanças no estilo de vida são fortes aliados: 

DISTÚRBIOS DO SONO

    1. Foque nas soluções e não nos problemas
    2. Conheça as suas necessidades, competências e dificuldades
    3. Evite ser perfeccionista… o perfeito é inimigo do “feito”
    4. Diga “não” sem culpa quando necessário
    5. Procure dosar prazer e obrigações
    6. Organize sua agenda e compromissos
    7. Cultive amizades e fortaleça relacionamentos
    8. Pratique exercícios físicos regularmente
    9. Procure ter uma alimentação saudável e balanceada
    10. “Mude de canal” quando estiver aborrecido – ouça uma música, lembre-se de algo agradável que você fez ultimamente, imagine-se em um lugar que lhe inspira segurança e bem-estar e…
    11. Respire!

A respiração é a chave do equilíbrio! Respire de forma consciente, profunda e lentamente, algumas vezes ao longo do dia. Foque a atenção no ar que entra e sai de você. Com o treino, em apenas um minuto você conseguirá acalmar e desacelerar sua mente e corpo.

Rosalina Moura é Psicóloga Clínica, Organizacional e Coach. Sócio fundadora da Rumo Saudável, empresa que atua no segmento de bem-estar, saúde mental  e gerenciamento do estresse em Organizações. É um das Colunistas do RH Pra Você. Foto: Divulgação


De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil pra você?
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5


0 Comentários

COLUNISTAS

Fátima Motta

Aprender a aprender: como?

13/07/2020

Vicente Graceffi

O seu “manpower” está pronto para o retorno operacional?

05/10/2020

Vicente Graceffi

Como promover a inclusão social

04/11/2020

Alberto Ogata

O futuro do trabalho em tempos de COVID-19

20/10/2020

Tiago Petreca

Reinventando ou apenas Redescobrindo?

30/04/2020

Gustavo Mançanares Leme

Propósito de vida, sonhos e autogestão de carreira

20/11/2020
Athomus Tecnologia da Informação