Você sabe o que significa Hard Skills e Soft Skills? Você deve ter percebido que nos últimos anos o mercado de trabalho têm mudado bastante o modo como as empresas buscam e contratam profissionais, para além das qualificações e competências técnicas que são fundamentais para cada posição, agora, existe uma atenção maior em conhecer e validar ainda no processo de recrutamento & seleção as habilidades pessoais e comportamentais dos candidatos à vaga.

Parece haver um entendimento maior a respeito da importância das habilidades comportamentais como condição estratégica na realização de atividades e atingimento dos resultados esperados do negócio. Tenho certeza que você já ouviu falar sobre “hard skills e soft skills” no seu dia-a-dia, mas você sabe realmente qual a diferença entre os dois e a importância do equilíbrio entre elas? Vamos descobrir!

O que são as hard skills?

A palavra “skills” vem do inglês e significa habilidades. As hard skills são habilidades técnicas que o profissional pode comprovar através de certificados e certificações, diplomas, cursos, testes práticos e etc. É todo o aprendizado que o profissional adquiriu e pode ser apresentado em aspectos físicos e tangíveis. Por exemplo, programação é uma habilidade técnica, em uma entrevista o candidato pode escrever uma linha de código em uma linguagem proposta pelo recrutador e assim, validar no aspecto tangível que ele possui tal habilidade.

Algumas habilidades técnicas:
– Desenvolvimento de sites e aplicativos
– Manutenção de hardware e smartphones
– Contabilidade

O que são as soft skills?

As habilidades soft skills são habilidades pessoais e comportamentais que um profissional possui.  Por serem comportamentais elas são intangíveis e não é possível identificar e nem comprovar por meio de certificados e diplomas, somente através da convivência diária, uma conversa ou dinâmicas durante a entrevista. As habilidades comportamentais são mais difíceis de identificar, é fundamental conhecer bem o candidato, realizar testes psicológicos mais profundos e até realizar dinâmicas experienciais que estimule os candidatos a lidarem com situações que exijam tais habilidades.

Algumas habilidades comportamentais:
– Empatia
– Colaboração
– Resolução de problemas
– Liderança

Qual a diferença entre uma habilidade e outra?

A capacidade de comprovar as habilidades técnicas e comportamentais é a característica principal de diferenciação, enquanto as técnicas podem ser comprovadas através de diplomas e experiência no currículo, as habilidades comportamentais exigem atenção maior e uma análise mais profunda, mas vale dizer também que nos últimos anos, as empresas vêm investindo muito nas estratégias de recrutamento & seleção, trazendo novas ferramentas e tecnologias para conhecer e validar o nível de aptidão e o potencial para aumento da performance. E, através de inteligência artificial aliado ao people analytics e, orientado aos objetivos de negócio, definir a melhor combinação de habilidades técnicas e comportamentais para cada posição.

Por que alinhar hard skills e soft skills é tão importante?

O erro comum nas estratégias de recrutamento & seleção era a priorização das habilidades técnicas em detrimento das habilidades pessoais e comportamentais, já que nem sempre o candidato que apresenta ter um maior domínio daquela habilidade é o candidato mais indicado, visto que na verdade, são as emoções e atitudes que conduzem o ser humano a reagir diante de uma situação. Imagina situações como um ótimo desenvolvedor, de nível sênior, mas com dificuldades de colaborar em equipe, certamente a ausência dessa habilidade pode afetar a entrega das atividades.

Hoje, nas áreas de T.I é muito comum organizar a execução de projetos através de squads, que são pequenas equipes multidisciplinares encarregadas de desenvolver projetos de forma autônoma ou auto organizáveis. Cada membro dessa squad é responsável por uma atividade chave e complementar de todo o projeto, ou seja, o papel de cada um afeta diretamente o resultado do todo. Neste cenário, a dificuldade de se relacionar e colaborar pode ser um grande complicador.

Por isso, é importante conhecer bem os objetivos de negócio, a dinâmica de trabalho e todas as atividades de cada área e assim definir o perfil atitudinal ideal. E aí, o que achou? Deu para entender melhor a diferença entre soft skills e hard skills? Essa diferenciação é essencial para o planejamento da sua capacitação profissional e também para conseguir captar as características dos colaboradores e implementar uma gestão comportamental realmente eficaz.

Por Roberto Flores, Líder de Pré-vendas e especialista em programas de educação corporativa na Impacta Treinamentos. Foto: Divulgação