- Início

- Conteúdo

Treinamentos e workshops ajudam o RH a criar uma cultura de inovação

CULTURA 314

Compartilhe Este Post

Se existe um ditado popular que realmente corresponde à verdade é o “ninguém nasce sabendo”. E nós até ampliaríamos o escopo afirmando que em momento algum da vida uma pessoa sabe tudo. Será que você sabe tudo sobre inovação e criatividade? Será que consegue implantar rapidamente uma cultura de inovação na sua empresa? Provavelmente não, já que os desafios são inúmeros e essa tarefa exige conhecimentos e habilidades extremamente diversas, e que geralmente só podem ser reunidas em uma equipe multidisciplinar.

Mas o que exatamente queremos dizer com criatividade e cultura de inovação? Uma boa definição talvez seja a que diz que criatividade é a concepção e geração de novas ideias e inovação é o resultado que ela tem em uma organização ou sociedade. Até que exista um objetivo concreto, a inovação realmente não existe, continua sendo apenas uma ideia brilhante. Portanto, criatividade é a ideia e inovação é a execução.

E que papel o RH pode desempenhar, entre as suas muitas atividades, para promover essa cultura de inovação na força de trabalho? Se você deseja promover a inovação e a criatividade das pessoas, precisa desenvolver experiências em treinamentos, workshops e permitir que, por exemplo, os colaboradores desenvolvam uma mentalidade de crescimento, resiliência e coragem.

O próximo passo para o RH criar uma cultura de inovação, baseada em treinamento e workshops, é fornecer aos funcionários as ferramentas e estruturas de aprendizado certas para aprimorar e desenvolver suas habilidades criativas. É como ensinar uma nova forma de trabalhar, uma maneira que talvez eles nunca tenham experimentado antes.

Um desafio interessante ou um problema?

O líder de RH não pode simplesmente apontar o dedo para alguém e dizer “seja criativo hoje". Mas é possível treinar os gestores para direcionar os participantes a refletirem sobre a pergunta-problema com foco total na resolução criativa. Dessa forma, a dificuldade é vista como um desafio e não como problema.

Na verdade, as perguntas que o líder de RH deve fazer a todos os colaboradores são: “No que você está trabalhando? Qual é o potencial, que aplicações isso pode ter no futuro? Quais são os seus desafios? Como posso ajudar? Como as pessoas poderão aproveitar essa inovação?”. Essas perguntas, com respostas mais abertas e profundas, contribuirão para um maior engajamento dos colaboradores na cultura de inovação, em vez de perguntas tradicionais com simples respostas como sim e não.

Como líder de RH, uma de suas inúmeras tarefas é ajudar a sua organização a obter mais inovações, criar a cultura para apoiar o pensamento inovador e contratar, treinar e recompensar talentos. A cultura é um fator crítico na promoção da inovação. Os líderes de sucesso estimulam a inovação oferecendo incentivos aos colaboradores, criando um ambiente e alinhando expectativas.

Pode parecer assustador saber por onde começar. No entanto, o primeiro passo mais importante é exatamente isso - dar o primeiro passo. É um processo de grande mudança. Mesmo uma pequena iniciativa pode ajudar a demonstrar as possibilidades de um esforço mais robusto. Conduza a sua organização nessa jornada de experiências com treinamentos e workshops rumo à cultura de inovação.

Por Hanna Goldenstein, Consultora do Setec Consulting Group