- Início

- Conteúdo

Saúde Emocional Em Dia = Um Melhor Ambiente De Trabalho

Compartilhe Este Post

Para muitos profissionais, o ambiente de trabalho é uma grande fonte de estresse, ansiedade e
instabilidade emocional. Por conta disso, no imaginário popular, escritórios costumam ser facilmente vinculados a estados de desconforto. Desse jeito, fica até difícil de levantar da cama
para trabalhar em um ambiente assim.

Contudo, essa não precisa e nem deve ser mais a realidade de boa parte da população economicamente ativa. Atualmente, já temos conhecimento e técnicas suficientes para garantir uma maior qualidade de vida dentro do ambiente de trabalho, promovendo acolhimento aos funcionários com suas nuances, problemas e diversos níveis de desenvolvimento profissional e
emocional.

Em outras palavras, vê-se a necessidade cada vez maior de se investir em saúde emocional para os colaboradores, a fim de criar espaços que sejam mais construtivos, inspiradores e livres de focos de tensão.

Para isso, trabalha-se com três frentes:
1. Prevenção: isto é, desenvolver espaços que não levem a grandes desgastes emocionais dos colaboradores, garantindo seu bem-estar e, consequentemente, seu bom rendimento.

2. Identificação: caso você trabalhe em uma empresa que ainda não ofereça um ambiente completamente saudável e construtivo, é necessário observar com atenção os trabalhadores, procurando alertas de esgotamento.

3. Remediação: ao perceber sinais que indiquem níveis elevados de ansiedade e estresse, aja o quanto antes, não somente oferecendo apoio ao colaborador, como também procurando maneiras de redefinir suas rotinas para que os problemas não voltem.

Montar uma equipe feliz e produtiva necessariamente passa por esses pontos, colocando a saúde emocional de todos como um pilar essencial a ser levado em consideração na promoção do employer branding, da performance das equipes como um todo e, também, como KPI de bem-estar para elevar a moral e promover melhores condições de trabalho e resultados positivos no ambiente corporativo.

 

  Rui Duarte Brandão, CEO Zenklub  



Gostou desse post? Compartilhe!