- Início

- Conteúdo

Ranking 100 Open Startups destaca as startups mais atraentes de 2020

Compartilhe Este Post

A quinta edição 2020 do Ranking 100 Open Startups, com as startups mais atraentes para o mercado corporativo, foi anunciada nesta semana. GESUAS conquistou o primeiro lugar, seguida de AEVO e Opinon Box. Além das TOP 100, a publicação destacou as TOP 10 de 25 categorias de startups e as TOP 5 de quatro categorias especiais: Acessibilidade e Inclusão, Inovação Social, Empreendedorismo SêniorEmpreendedorismo Feminino. Idealizado pela 100 Open Startups, plataforma de open innovation, o ranking é resultado de um processo anual que mede a atratividade das startups de forma objetiva, por meio das relações de inovação aberta registradas e validadas entre empresas e startups no ano. 

Das 13.177 startups participantes do movimento 100 Open Startups, 1.310 estabeleceram relacionamentos de open innovation com 1.968 empresas nos últimos 12 meses e foram aprovadas como candidatas ao Ranking 100 Open Startups 2020. No total, foram registrados 13.433 relacionamentos de open innovation no período.

Entre as comunidades de startups que mais se destacaram na edição 2020 estão Productivity, HRtechs, New Trends, Artificial Intelligence e Big Data. Já entre as tendências de crescimento identificadas, estão as FoodTechs, IoT, EnergyTechs, LegalTechs, HRtechs, HealthTechs, que cresceram mais de quatro vezes em intensidade de contratos em relação à edição 2019.

De acordo com o levantamento, as startups que possuem relacionamentos de open innovation com empresas líderes captam 85% mais investimento do que startups que não possuem, reforçando a importância dessa prática e das conexões com grandes empresas desde o early-stage. Na média, as startups TOP 100 receberam R$ 900 mil em investimentos e faturaram R$ 1,4 milhão no último ano. Além disso, respondem por cerca de 40% do total de relacionamentos validados com grandes empresas no ano, com a média 28 relacionamentos cada.

Segundo Bruno Rondani, CEO da 100 Open Startups, o crescimento do Ranking em 2020 mais do que dobrou em relação à edição anterior, o que evidencia o amadurecimento de todo o ecossistema. “A pontuação do Ranking mede a quantidade e intensidade dos relacionamentos firmados entre startups e o mercado corporativo. Na edição deste ano, as startups somaram 34.677 pontos, contra 14.859 de 2019”, destaca.

A metodologia do Ranking pontua as startups que mais despertam interesse em médias e grandes instituições a cada ano. Para serem elegíveis, as startups devem ter faturamento inferior a R$ 10 milhões no exercício fiscal do ano anterior à publicação do Ranking, não podem ter recebido mais de R$ 10 milhões em investimento direto e não devem ser controladas por grupo econômico, mas, sim, por empreendedores à frente do negócio.

O Top 10 do Ranking teve as seguintes startups:

  1. GESUAS
  2. AEVO
  3. Opinion Box
  4. Rentbrella
  5. VOLL
  6. Pix Force
  7. Standout
  8. Rede Parcerias
  9. Pris Sofware
  10. COMPROVEI

A lista completa e o ranking de cada categoria você confere em https://bit.ly/35FLfLO

Você também vai gostar