- Início

- Conteúdo

Qual É A Startup Ideal Para Alavancar Sua Inovação Aberta

Inovação 1187

Compartilhe Este Post

Como inovar e atender às tendências futuras do mercado e do novo consumidor sem transformar este processo num ritmo lento e que, ao ser concluído, já está ultrapassado e não é mais inovador?

Corporações já entenderam que precisam fazer diferente, serem rápidas e que desenvolver internamente inovação aberta é caro e, muitas vezes, sem resultado. Então a saída é se conectarem com startups.

Ao decidirem por esta rota, surge uma segunda pergunta: como encontrar startups com sinergia para os desafios da sua empresa e que possam colaborar para a inovação aberta no seu segmento? Adianto minha resposta esclarecendo que procurar uma startup no Google ou em eventos é como querer encontrar agulha no palheiro.

Mais do que entender que fazer estes processos dentro de casa aumentam os custos e a dificuldade de inovar, é preciso entender que realizar a seleção de uma startup para apoiar nesta jornada também é uma medida que pode atrasar esta rota. Há muitos eventos e informações para se buscar e promover uma curadoria interna tiraria o foco da agilidade que precisa ser alcançada. E todos nós sabemos que quem for mais rápido assumirá a liderança do seu setor.

É preciso buscar apoio no mercado e já temos iniciativas que conectam corporações a startups que complementam suas necessidades neste caminho de transformação digital. Todo o processo de aproximação e conexão desses dois universos precisa contar com um acompanhamento especializado e com tecnologias que tenham inteligências de mercado agregadas para que, de fato, o match seja perfeito.

Sabendo que as empresas dependem da inovação para se manterem vivas no mercado, as consultorias tradicionais mapeiam os desafios dessas companhias e pesquisam no mercado as startups mais aderentes para inovarem suas operações.

Em contrapartida já existem soluções que aliam conhecimento, assertividade, rapidez, baixo custo e comodidade porque simplesmente escutam ou leem os desafios das corporações e usam suas tecnologias e metodologias próprias para diminuir a complexidade das grandes empresas nesse cenário de conexão.

É preciso que a escolha seja certeira sobre a startup ideal. Não há tempo de errar!

Por Alexandre Gera (capa), sócio-gestor da GERAVALOR, consultoria especializada em inovação aberta, business assessment e desenvolvedora do Radar de Startups

Gostou desse post? Compartilhe!