- Início

- Conteúdo

Primeiro App De People Analytics Promete Otimizar Gestão E Evitar O Turnover

TECNOLOGIA

Compartilhe Este Post

O People Analytics representa uma nova maneira de trabalhar com a gestão de pessoas. Por meio de processos que aprofundam a análise de dados e informações referentes aos colaboradores dentro das empresas, a metodologia tem como intuito otimizar a tomada de decisão do RH em relação a situações que envolvam a equipe de trabalho, possibilitando que eventuais problemas possam ser previamente identificados e que estratégias específicas e mais precisas sejam desenvolvidas para lidar com eles.

Em meio à importância que é desenvolver a maneira mais eficaz para gerir os funcionários, empregadores se atentam cada vez mais ao tema. E na busca por melhores processos de gestão, a Felizz, especializada em soluções de software e redução de turnover, criou um aplicativo- o primeiro no Brasil - que dá ao RH maior engajamento a respeito do que as pessoas estão sentindo dentro da empresa.

Com o auxílio da plataforma, colaboradores podem se manifestar aberta ou anonimamente – sem que haja quebra de sigilo, exceto em casos de ofensas ou ameaças – sobre várias questões referentes ao que ocorre em ambiente de trabalho. Tudo em tempo real e com ênfase em se identificar qual é o sentimento de quem trabalha no local.

Gustavo Calheiros (capa), CEO dá Felizz, conta que sempre levou em consideração, acima de tudo, motivar as suas equipes nas empresas por onde passou. No vídeo de apresentação do app(ao final), o empresário traz à tona uma frase do consultor e escritor britânico Simon Serek que enfatiza a importância de ter uma boa gestão pessoal. Nela é dito que “100% dos seus clientes e colaboradores são pessoas”, um conceito que pode até soar óbvio, mas que tem sempre é bem conduzido na prática.

Calheiros explica que a ideia do aplicativo surgiu por conta de experiências vividas com turnover, uma situação que não é incomum no aspecto de pegar RHs de surpresa. “Eu perdia pessoas dentro da empresa e não sabia por que”, diz.

Diante desse cenário, a plataforma foi desenvolvida de maneira que dê ao colaborador a liberdade para que ele se expresse, prática que nem sempre é aderida. E por meio de um processo de happiness index, ou “felizômetro”, termo utilizado na Felizz, a interação dos funcionários de acordo com seus comentários, respostas a perguntas e enquetes criadas pela empresa, sugestões e todo o processo participativo que é proposto com o uso do app, são medidas e avaliadas de forma que permitam ao RH notar quem está bem e quem está insatisfeito. Desse modo, os turnovers podem ser minimizados. E Calheiros ressalta que, mesmo que esse não seja um problema ativo da organização, a ferramenta também é essencial para a prevenção e para aumento da motivação do quadro de colaboradores.

Gerenciar pessoas de forma mais precisa contribui para que a inteligência emocional seja uma crescente no ambiente de trabalho. Clique aqui para conhecer todos os recursos oferecidos pelo aplicativoFelizz.

Gostou desse post? Compartilhe!