- Início

- Conteúdo

Por que oferecer Cestas de Natal a seus colaboradores vale a pena?

Dicas 330

Compartilhe Este Post

O final do ano é uma época de confraternizações e reconhecimento em ambientes de trabalho e, na hora de bonificar os funcionários, isso não é diferente. A utilização de cartões do tipo vale-presente nessas ocasiões é um hábito que cresceu há alguns anos pela facilidade de aquisição, mas que tem deixado de ser atrativo após a concretização da experiência. Isso porque a emissão do cartão pode representar um caráter mais distante e objetivo, contrastando com a temática de confraternizações e união que se faz presente nessa época - e, inclusive, costumam perpassar as campanhas de Natal e a própria visão da empresa.

"Além do significado simbólico de ser um presente e não uma bonificação monetária, que costuma causar desconforto no funcionário por saber a quantia exata que vale o seu presente, a cesta ainda proporciona um momento agradável de descoberta do conteúdo, abertura da caixa e experimentação de itens desconhecidos", afirma Carolina Takara, especialista em Desenvolvimento Humano e Organizacional da Casa Santa Luzia, referência na produção de cestas de Natal. Para a profissional, a cesta proporciona um momento típico de Natal, em família, criando um contexto de satisfação e personalização para o funcionário.

Orçamento

O custo-benefício para o presenteado também é um fator relevante. Nas cestas, os produtos saem por valores mais baixos do que quando comprados separadamente no varejo, já que são produzidas a partir de condições diferenciadas de negociação e fixação de preços. Isso significa que o funcionário obtém mais itens do que conseguiria comprar com a mesma quantia oferecida em capital.

Ainda no quesito financeiro, a Casa Santa Luzia destaca a amplitude de preços oferecidos como outro diferencial. "Ao oferecer opções com valores diferenciados, a Casa permite a aquisição de cestas que se encaixam em budgets variados, facilitando o trabalho dos setores de compra da empresa. Se a opção for por múltiplas variações do produto - como a oferta de modelos especiais para corpos diretores ou para funcionários com algum tipo de diferenciação, por exemplo - a facilidade é ainda maior frente à variedade de escolhas", comenta Carolina.

Praticidade

Quando se compara com outras opções de cestas, é preciso considerar ainda as vantagens de receber um mix de produtos do que linhas completas de uma única marca. Isso porque permite experimentações diversas e, ainda, mais facilidade de armazenamento; cestas compostas somente por itens que precisam de refrigeração, por exemplo, podem dificultar a alocação em geladeiras domésticas.

Especiais

Outro destaque vai para as cestas de alimentos especiais ou completamente personalizadas. Essas opções são perfeitas para atender a quem presenteia pessoas com necessidades ou preferências especiais, como produtos orgânicos e sem glúten. Além da opção de uma cesta pronta com esses itens, a livre escolha de produtos permite a inclusão de possibilidades não previstas do catálogo, oferecendo assim uma combinação completamente única e com a cara de seus colaboradores.