- Início

- Conteúdo

Por Que Fazer Uma Pesquisa De Engajamento?

Pesquisas 783

Compartilhe Este Post

Na atual conjuntura do mercado de trabalho, manter o engajamento dos colaboradores se faz necessário porque, se alinhados com o propósito da empresa e satisfeitos com o seu papel no desenvolvimento do negócio, os profissionais tendem a ser mais produtivos e trazer maior retorno financeiro para a empresa. Mas para além do quesito financeiro, o engajamento de uma equipe contribui para o crescimento dos profissionais envolvidos, diminui as taxas de desligamentos, aumenta a indicação da empresa como um bom lugar para se trabalhar e melhora o clima organizacional. 

Os recursos humanos dentro das empresas sempre foram tratados como um fator subjetivo, mas com o avançar dos anos se percebeu a importância de metrificar este ativo para incrementar a cultura da empresa e tomar decisões mais estratégicas quanto à gestão de pessoas. Mas como medir e impulsionar o engajamento? A metrificação pode ser feita por meio de uma pesquisa de engajamento, que trará as respostas certas.

“A pesquisa de engajamento surge como agente dessa mudança de mindset. Metrificar o engajamento é o primeiro passo para entender o que precisa ser melhorado na organização para impulsionar a produtividade e felicidade dos colaboradores”, explica Bruno Soares, CEO e co founder da Feedz — startup de Florianópolis (SC) que desenvolve uma plataforma completa para gestão ágil e estratégica de pessoas. 

Benefícios da prática

De maneira geral, a pesquisa de engajamento busca identificar os processos que sobrecarregam as equipes, além de problemas de relacionamento entre os times e as lideranças; propor e validar novas políticas para a cultura da empresa; identificar e sugerir ações para desenvolvimento pessoal dos colaboradores. De maneira geral, os benefícios da pesquisa estão atrelados ao aumento da produtividade e à diminuição da rotatividade, pois os colaboradores se sentem ouvidos. Também cria um ambiente de trabalho mais seguro, eleva o índice de motivação dos colaboradores e coleta dados estratégicos para a tomada de decisão do setor de gestão de pessoas. 

“A pesquisa de engajamento cria uma base de informações bem completa que, atrelada à tecnologia, pode ser muito útil para uma tomada de decisão mais rápida. Além disso, por meio da aplicação da pesquisa os aspectos positivos e negativos que afetam o dia a dia dos profissionais são identificados, e isso também pode orientar a definição de um plano de ações para a melhoria do clima”, finaliza Bruno.

Gostou desse post? Compartilhe!