“Independente de idade, posição e negócios que porventura estamos inseridos, todos nós precisamos entender a importância do branding. Nós somos os CEOs das nossas próprias empresas: EU, Ltda. Para estar no mercado atualmente, a nossa tarefa mais importante é ser head de marketing de uma marca chamada ‘Você’”.

Tom Peters, escritor norte-americano de práticas de gestão de negócios, é considerado o responsável pela popularização do termo personal branding. Em 1997, empregou o conceito em um artigo chamado “The Brand Called You” (“A Marca Chamada Você”, na tradução livre) e o explicou como a forma que “as pessoas comercializam a si mesmas e suas carreiras como marcas”.

Para o escritor, é essencial que entendamos o quanto o branding é importante, seja qual for o tipo de negócio envolvido. “Nós somos os CEOs das nossas próprias empresas: EU, Ltda. Para estar no mercado atualmente, a nossa tarefa mais importante é ser head de marketing de uma marca chamada ‘Você’”.

De acordo com Isabel Clara, estrategista em imagem profissional e personal brander, todos possuem uma marca pessoal – que pode ser gerenciada estrategicamente ou não. “Quando, há trinta anos, Tom Peters instituiu o conceito como o compreendemos hoje, ele defendeu e disseminou a ideia de que somos os responsáveis pela percepção que os outros têm de nós, e, por isso, agir de forma consciente e contínua em prol de nossa imagem é fundamental para progredirmos no âmbito pessoal e profissional”, afirma.

Confira o e-book exclusivo que a equipe do RH Pra Você preparou sobre este tema (EXCLUSIVO PARA ASSINANTES)