- Início

- Conteúdo

Por que começar a se expor e compartilhar conteúdos no LinkedIn?

Dicas 519

Compartilhe Este Post

A chamada "Era da Informação", em que vivemos, tem sido cada vez mais marcada pela intensa troca de informações e máxima exposição de nossas vidas. Ainda que existam pontos positivos a serem observados nesse cenário, é óbvio que temos também percebido inúmeros desafios a serem contornados, em especial quando buscamos nos exibir na vitrine profissional que se tornou o LinkedIn, não é mesmo?

Afinal, qual é o melhor caminho para construir um caminho de exposição saudável e efetivo na maior rede social profissional do mundo, o LinkedIn?

Antes de começar a falar sobre o que deve ser feito, talvez valha a pena passar pelo que deve ser evitado ao máximo ao publicar qualquer tipo de conteúdo no LinkedIn (ou mesmo em qualquer outra rede social). Junto aos meus mentorados, profissionais e executivos que estão em transição de carreira, costumo dizer que há uma regra de ouro, mais importante que qualquer outra: não faça o que chamo de "post-lamentação".

Esse tipo de postagem normalmente vem acompanhada de alguma indireta para determinado profissional ou equipe de trabalho e um certo tipo de vitimização que simplesmente afasta quem faz parte de sua rede de relacionamento.

Além disso, ao ficar se lamentando ou reclamando no LinkedIn, você demonstra despreparo, falta de profissionalismo e resiliência e, o que é mais crítico, transmite a sensação de que você simplesmente não consegue lidar com os problemas como um adulto.

6 dicas para você compartilhar conteúdos no LinkedIn

Agora, sim, chegamos aos pontos que ajudam a trilhar o caminho que leva à boa exposição no LinkedIn. Aqui estão seis dicas do que você pode fazer para ser percebido como um profissional que realmente está preparado para assumir uma nova posição.

  1. Pesquise as palavras-chaves mais relevantes de sua área de atuação e esteja com o seu perfil sempre bem preenchido e atualizado. A sua foto está adequada? As postagens demonstram todo o seu conhecimento no campo de atuação?
  2. Se você gosta de escrever e contribuir com temas relevantes, faça uma pesquisa dos temas mais importantes ou relevantes e crie posts que transmitam conteúdos aplicáveis e façam a diferença para os membros de sua rede.
  3. Cuide de sua rede de contatos. Os seus seguidores e contatos no LinkedIn são um de seus maiores patrimônios profissionais. Normalmente, cada uma daquelas pessoas têm alguma história contigo e segue você por um motivo específico. Isso é muito rico e deve ser cultivado o tempo todo.
  4. Cuidado para não tomar partido em questões polêmicas e desnecessárias. Não é preciso ter e demonstrar opinião sobre tudo. Há sempre dois lados da moeda.
  5. Se você não se sente à vontade para escrever, busque publicações em jornais, revistas e matérias que sejam relevantes para a sua área e compartilhe com sua rede. Mas não esqueça de fazer o seu comentário e colocar o seu ponto de vista com ponderação.
  6. Dedique pelo menos 20 minutos por dia para atualizar e interagir no LinkedIn. Leia, dê likes e comente outros posts em sua rede.

Para fechar, lembre-se sempre que o mais importante não é a quantidade de likes que você recebe, mas o engajamento que você cria junto à sua base de amigos e seguidores.

Sucesso!

Por Maria Emilia Leme, especialista em recolocação profissional e transição de carreira