- Início

- Conteúdo

Plataforma Estimula Os Cuidados Na Saúde Mental De Colaboradores

SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA

Compartilhe Este Post

Só no Brasil, o afastamento do colaborador do trabalho por motivos de ansiedade custaram R$1,6 bilhão à Secretaria da Previdência, em 2016. E os dados ainda estimam que 20% dos trabalhadores formalmente ativos no país atuam sobre forte pressão emocional, o que pode comprometer sua saúde mental e física, gerando às empresas prejuízos por conta da produtividade menor, absenteísmo e aumento no número de turnovers.

Pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS), realizada em 2016 em 36 países, aponta que mais de 12 bilhões de dias de trabalho são perdidos a cada ano por conta de transtornos de ansiedade e depressão. Em valores, as perdas são de U$$1,15 trilhão a cada ano. E segundo o Fórum Econômico Mundial, a previsão é que até 2030 o cenário de gastos com condições mentais custe U$$6 trilhões à economia mundial.

A fundadora e CEO da Vittude, Tatiana Pimenta, explica que a OMS identificou que “cada dólar aplicado no tratamento para depressão e ansiedade retorna US$ 4 em capacidade dos trabalhadores, por meio de melhorias na saúde mental”. Por conta do cenário apresentado, a empresa criou uma plataforma que funciona como um benefício corporativo de saúde e bem-estar. Com ele, as empresas pagam um valor fixo mensal para que seus colaboradores tenham acesso, com custos mais baixos, a psicólogos da Vittude.

As consultas podem ser feitas tanto presencialmente quanto online. “A ferramenta facilita para que aqueles que moram em cidades menores ou em outros países também tenham a oportunidade de uso do serviço”, diz a fundadora ressaltando que “o online também funciona muito bem para brasileiros expatriados, quem dispõe de pouco tempo ou mora onde não há profissionais dessa área. Ao mesmo tempo, muitas pessoas ainda preferem o atendimento presencial”.

Gostou desse post? Compartilhe!