- Início

- Conteúdo

Pague Menos emplaca ações preventivas e mostra força contra a COVID-19

Compartilhe Este Post

Considerada uma das 100 melhores empresas do Brasil, pelo último levantamento do Merco (Monitor Empresarial de Reputação Corporativa), a Pague Menos, rede farmacêutica presente em todo o país, vestiu a camisa da prevenção e assumiu importante protagonismo na luta contra o novo coronavírus.

Ativa na realização de testes rápidos de COVID-19 para São Paulo, Fortaleza e Salvador, a rede varejista emplaca ações para diminuir e combater a propagação da doença. Segundo Evandro Vieira, Diretor de Gente e Gestão da Pague Menos, desde o início da pandemia a empresa se dedica a prestar todo o suporte a pessoas e organizações a respeito de prevenção, testes e medidas de segurança. “As parcerias com as empresas e convênios de saúde também têm garantido o acesso aos medicamentos necessários e produtos de higiene e beleza para que os cuidados pessoais sejam mantidos. Reforçamos ainda o nosso relacionamento constante com nossos clientes e parceiros para oferecer as melhores soluções”, enfatiza o diretor, que acrescenta o destaque dado a dicas preventivas nas plataformas digitais da rede farmacêutica.

“Pensando não apenas no público interno, mas em nossos clientes, temos feito um extenso trabalho nas redes sociais da empresa. Além de dicas de prevenção e conscientização, estamos focando muito em levar qualidade de vida nesse momento de isolamento. Temos produzido conteúdo com especialistas como dicas de alongamento, como melhorar a concentração trabalhando ou estudando de casa”.

O executivo salienta também a importância dos RHs e gestores acompanharem de perto o bem-estar de sua equipe de trabalho, aderindo o máximo de práticas que fortaleçam a saúde física e a mental. 

“Independente do setor de atividade, manter uma comunicação contínua e com mensagens diretas e efetivas aos colabores é primordial nesse período. É preciso que as empresas orientem e permitam que eles se sintam apoiados e seguros ao desenvolverem o trabalho. Informações sobre como o vírus atua, formas de transmissão, dicas de como aproveitar melhor o home office e o fim de semana em casa com a família, são fundamentais para reforçar o cuidado e o carinho da empresa nesse momento e, principalmente, o senso de pertencimento de todos.”

A organização adotou desde os primeiros passos da crise medidas que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Os colaboradores têm acesso ao Manual de Procedimentos, Prevenção e Protocolo COVID-19, que se mantém em constante atualização como decretos para cada estado, medidas em caso de suspeita de contaminação, entre outros informes essenciais.

Vieira explica que a Pague Menos precisou se adaptar à quarentena e às ações de segurança médica, investindo no cuidado com seus funcionários. “Como medidas práticas de prevenção, em nossos centros de distribuição e escritórios reduzimos horários e dividimos as equipes em turnos distintos para diminuir a aglomeração - sem redução salarial. Disponibilizamos álcool em gel e máscaras, suspendemos eventos presenciais e viagens dos nossos colaboradores, instituímos férias para os empregados considerados de grupos de risco. Em nossas farmácias, também disponibilizamos álcool em gel para todos, além de EPIs (equipamentos de proteção individual) às equipes: máscaras de proteção, além de avental, touca e óculos de proteção para os farmacêuticos em atendimento clínico; oferecemos ainda apoio psicológico para aqueles que sintam necessidade. Também foram fixados cartazes em nossas lojas para orientar, tanto nossos colaboradores quanto os clientes, sobre os cuidados e prevenção à COVID-19. Tudo isso para garantir cada vez mais segurança para aqueles que estão todos os dias conosco na Pague Menos para que passemos por isso juntos”, pontua.

Ainda segundo o diretor, foram desenvolvidas iniciativas para tornar a vida dos clientes mais prática e segura. Para evitar aglomerações, foi criado o “Delivery na Vizinhança”, serviço de entrega sem custos para clientes que moram até 1km de distância das unidades. “Passamos aceitar ainda pagamentos realizados com o cartão de débito virtual Caixa Tem, tanto pelo site quanto em lojas físicas. O cartão pode ser usado como pagamento nas unidades da Pague Menos em todo e-commerce da empresa, sem restrição: sejam medicamentos ou produtos de higiene e beleza pessoal”.

Realização de testes

O teste rápido de COVID-19 é feito mediante agendamento pelo número 0800 022 8282. O cliente poderá optar por fazer o teste em seu carro, no estacionamento da farmácia em um sistema drive-thru, ou no consultório farmacêutico – equipado para garantir completa segurança a todos os envolvidos no procedimento, além dos demais clientes e colaboradores da Pague Menos. Uma entrevista prévia será feita com os interessados para saber sobre o tempo de aparecimento dos sintomas, informar local, data e hora da aplicação do exame, além dos procedimentos de segurança. Com o aumento da demanda, a rede também ampliou os canais de atendimento para garantir eficiência e maior agilidade no atendimento.

Como não se trata de um autoteste, o paciente sempre contará com a assistência de um profissional farmacêutico no local, que segue estritamente as determinações da Anvisa. O resultado do laudo, atestado por clínicas especializadas e notificado ao Ministério da Saúde, sai dentro de 30 minutos e será compartilhado no e-mail do paciente. “Para que colaboradores de uma empresa realizem o teste em nossas farmácias, o procedimento é o mesmo. É necessário entrar em contato pelo telefone indicado e participar da entrevista prévia para agendamento do exame. As mesmas orientações serão compartilhadas e o paciente deve ir ao local no dia e horário indicados”, orienta Vieira.

O teste identifica a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são produzidos pelas células de defesa pelo corpo humano contra a COVID-19 após o contato com vírus, por meio da coleta de uma gota de sangue. Os anticorpos podem ser detectados com melhor sensibilidade após o 7º dia de início dos principais sintomas, que são febre, tosse e dificuldade para respirar, de acordo com as indicações do Ministério da Saúde. O valor do exame em todas cidades será R$ 193,00 caso seja feito nas farmácias, ou R$ 273,00, quando for solicitada em domicílio, opção exclusiva para Fortaleza.

A Pague Menos, desde o início do processo de realização dos testes, sempre atendeu as determinações dos órgãos regulatórios e da Nota Técnica nº97/2020 e RDC 377/2020, publicadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que orientam sobre a realização dos testes rápidos em farmácias. Além disso, sempre segue as determinações e orientações de outros órgãos responsáveis, como as Secretarias Estaduais de Saúde”, finaliza o Diretor de Gente e Gestão.

Você também vai gostar