- Início

- Conteúdo

O segredo do sucesso

Coluna 5717

Compartilhe Este Post

O conceito de sucesso é relativo. Para uns, sucesso é ter liberdade, para outros, a conquista de um bom patrimônio, para outros, casar-se, ou descasar-se, viajar, ter razão, ser feliz, deixar um legado para a posteridade, ter seus filhos bem formados e educados, ter o carro do ano, passar de ano, formar-se, ter uma bela carreira, ter status, ser reconhecido, ter prestígio, fama, um bom negócio, entre outras possibilidades.

Apenas a definição da palavra “sucesso” não é suficiente, afinal, trata-se de uma conquista individual, por meio do exercício de talentos, vivências e, principalmente, pela atitude adotada diante das circunstâncias e desafios apresentados durante a nossa trajetória, seja ela profissional ou pessoal.

Ao partir para um desafio, a solução mais fácil é desistir diante dos obstáculos. Por isso, muita gente não consegue ir adiante e encontra justificativas para o seu fracasso como, por exemplo, política, economia, tempo, outras pessoas, falta de dinheiro, localização geográfica, falta de conhecimento, entre outros argumentos, sempre externos a nós. Há, ainda, os fatores internos, nem sempre evidentes, tais como crenças limitantes, incapacidades, fraquezas, preguiça, procrastinação, etc.

Considerando que o sucesso não é algo que se atinge repentinamente, como em um passe de mágica, é preciso definir o que se quer primeiro e depois adicionar determinação para ir adiante, enfrentando quaisquer dificuldades que surgirem pela frente.

Não estou, aqui, me referindo ao sucesso de fazer um jantar gostoso ou de um passeio no final de semana, mas de um sonho grande o suficiente para valer seu esforço e empenho, para celebrar ao conquistar. Pode ser, por exemplo, comprar sua casa, realizar-se profissionalmente, fazendo o que gosta, ter uma vida conjugal feliz, ter seus filhos educados, etc.

E para conquistar o tão almejado êxito, em tudo que desejar, algumas atitudes e comportamentos funcionam como verdadeiros facilitadores. Veja alguns deles:

- Faça uma lista dos seus valores mais importantes e das conquistas já alcançadas. Somos realizadores pelas nossas capacidades e habilidades, crenças e atitudes. Muitas dessas características positivas nos trouxeram até aqui e irão nos acompanhar ao longo de nossas vidas, sendo as grandes forças motrizes para as nossas realizações;

- Busque inspiração em alguém que você conhece e que faz as coisas que gostaria de fazer, que tenha determinados comportamentos ou características que deseja ter. Copie, aprenda como elas fazem, busque os mesmos caminhos e se surpreenderá, ao ver como poderá aprender com as pessoas que fazem bem determinadas. Se não tem alguém conhecido que sirva de modelo, procure algum ídolo ou personagem que você admira por seus feitos e procure saber o que ele fez e o que deixou de fazer para atingir o sucesso. Pode ser um cantor, um artista, um profeta, um santo, não importa. O que conta é que lhe sirva de inspiração para aprender novas possibilidades e incorporá-las na sua vida. Esse é um recurso de Programação Neurolinguística (PNL), denominado modelagem;

- Seja grato. Gratidão é um dos principais sentimentos de reconhecimento e humildade. Uma simples e pequena oração, que poderá repetir diariamente, é a seguinte frase: “Eu mereço e sou grato por todos os milagres que me aconteceram e que me acontecerão”;

- Valorize seu futuro. Tenha clareza dos seus desejos, sinta-se possuidor das características sonhadas, vislumbre seu comportamento, seu estado de espírito, suas ações e sentimentos diante dessa nova realidade que ainda não aconteceu, na prática, mas já está ocorrendo na sua cabeça;

-Tenha paixão pelo que pretende. Sinta-se feliz com a possibilidade de realização, perceba o prazer em se esforçar e em realizar algo que depende apenas de você;

- Clareza de propósito é fundamental. Que seja algo em longo prazo, que esteja em consonância com o que pretende que seja sua marca pessoal e a diferença que isso fará na sua vida e na das pessoas envolvidas;

- Comece agora, não deixe para depois. Procrastinar faz com que você perca o timing, a energia, a disposição, a garra e o entusiasmo. Por isso, talvez esse seja o pior inimigo do sucesso ou a “sombra” que paira sobre muitos fracassos;

- Tenha garra. Essa força motriz impulsionadora é um dos principais requisitos para o sucesso. Uma pessoa de garra não desiste diante dos obstáculos, nem dos tombos, pelo contrário, cada escorregão sofrido, se torna um motivo para persistir, tantas vezes quantas forem necessárias, até que alcance o seu objetivo final;

Para finalizar, cito a história de um amigo meu, Tom Coelho, alma grande, um ser humano de primeira categoria, um missionário do saber, um sábio inspirador. Palestrante, sempre direcionou suas palestras visando a qualidade de vida, orientando, abrindo portas e corações. Tendo conhecimento de uma doença degenerativa (Esclerose Lateral Amiotrófica), até hoje sem histórico de cura, escreveu um livro amoroso sobre como cada um poderá valorizar a sua vida da melhor maneira possível, chamado: “Seis meses de vida: o que você faria se tivesse apenas seis meses de vida?”. Na publicação ele faz uma retrospectiva da sua trajetória, falando sobre como tirar máximo proveito da vida, propondo reflexões apaixonantes e impactantes. Um livro de amor, amor à vida, às reflexões, aos agradecimentos, aos valores e à missão.

É claro que desejo, e seus amigos também, que o Tom viva muito tempo ainda e se recupere, mas finalizo esse breve artigo com uma frase dele, da página 91 do livro: “Aprendi que morrer, ao final, não me assusta. Uma vida sem sentido, sim.”

Mãos à obra nos seus projetos, força, garra, paixão e determinação e uma inspiração do Tom para ter uma vida plena de realizações e sucesso!

Por Reinaldo Passadori, Mentor, fundador e CEO do Instituto Passadori. é um dos colunista do RH Pra Você. O conteúdo dessa coluna representa a opinião do colunista. Foto: Divulgação