- Início

- Conteúdo

O que é espiritualidade e como o conceito se aplica às empresas?

E-book 546

Compartilhe Este Post

Ao falar em espiritualidade talvez um dos primeiros pensamentos que venha a mente seja religião ou fé. E se adicionarmos o universo empresarial nessa equação? Primeiramente, então, precisamos entender o que significa esse conceito e de que forma se relaciona com o mundo dos negócios. 

De acordo com Ricardo Monezi, professor doutor em psicobiologia, colaborador do setor de Espiritualidade e Saúde da Fundação Mokiti Okada e pesquisador da temática, não se pode confundir espiritualidade com religião ou religiosidade. Nas empresas, pode apresentar um significado de identidade conectiva e alinhamento, não apenas à organização, mas principalmente aos seus valores, missões e objetivos. 

“Os valores que permeiam o conceito envolvem respeito, ética e humanidade, além do fato de que uma empresa que consegue trabalhar a espiritualidade no contexto corporativo tende a ter funcionários mais engajados e relações interpessoais que colaboram com a proatividade”, explica Monezi.

Anterior às empresas ou qualquer outro cenário, Jair Moggi, sócio e diretor da Adigo Consultores, fundador e ex-presidente do Instituto EcoSocial, parte da premissa básica de que “o ser humano é um ser de natureza espiritual”. Ao aceitar essa ideia, fica fácil compreender que a espiritualidade, por essência, está sempre presente no local de trabalho. 

“Quando duas pessoas interagem elas estão manifestando suas qualidades espirituais, isto é: talentos, necessidades, capacidades, histórias de vida, medos, esperanças, sonhos etc, que precisam ser considerados e respeitados. Quando isso ocorre de forma consciente ou não, cria-se condições para ambientes de trabalho diferenciados e motivadores”, ressalta Moggi.

Este é só o começo de um eBook completo que a equipe do RH Pra Você produziu sobre a espiritualidade nas empresas. Para conferir todo o material, você só precisa clicar na imagem abaixo. É gratuito!

Você também vai gostar