- Início

- Conteúdo

Missão Rh Ao Vale Do Silício: Especialista Revela Expectativas De Ir Ao Celeiro De Inovação Do Mundo

Inovação 1763

Compartilhe Este Post

Um dos principais desafios de todo líder de RH é estar por dentro das inovações de sua área. Cada vez mais tecnológico, o setor se faz valer de recursos modernos e digitais para concretizar o perfil estratégico e tomador de decisões que vem assumindo em diversas organizações.

No Futuro do Trabalho, a consultoria global McKinsey & Company estima que 30% dos empregos atuais serão substituídos em razão do que há de novo na tecnologia. Além disso, de acordo com o Fórum Econômico Mundial, 65% das crianças hoje matriculadas em escolas primárias atuarão em empregos ainda inexistentes. Nos Recursos Humanos, o caráter operacional que sempre conduziu a área deu lugar a processos que contam com inteligência artificial e novas ferramentas que potencializam recrutamento, gestão e oferecem maior automação ao trabalho, economizando tempo, dinheiro e oferecendo ao profissional a possibilidade de se envolver em outros projetos e funções.

Diante desse cenário de um “novo RH”, a especialista em Gestão de Pessoas Sônia Padilha (foto abaixo), sócio diretora da GP Result, consultoria online de RH e presidente da ABRH Sorocaba, se prepara para, na próxima semana, fazer parte da Missão RH, projeto da StartSe que apresenta profissionais de Recursos Humanos ao que há de mais inovador nas companhias do Vale do Silício.A programação da missão envolve palestras, encontros e visitas a empresas como a Google e o LinkedIn, além de instituições como a Universidade de Stanford, uma das mais prestigiadas do mundo, e o HP Garage, um museu privado onde a Hewlett-Packard (HP) foi fundada e é considerado o “berço” do Vale do Silício.

De acordo com Sônia, a inovação nos RHs do Brasil ainda caminha a passos lentos, embora tenha passado por uma crescente ocorrida no segundo semestre de 2018. Por conta disso, se torna ainda mais importante acompanhar de perto o que as empresas do Vale do Silício, mais avançadas em relação à questão, estão fazendo. “Há muitas ideias inovadoras que podem ser encontradas por lá. A busca é acompanhar o que está sendo feito em relação à gestão de pessoas, visando observar não só os recursos tecnológicos, mas também as práticas de gerenciamento modernas”, comenta Sônia.

Na prática

Na GP Result, um dos principais objetivos é não somente introduzir o que há de mais tecnológico e inovador, mas fazer com que o novo caminhe lado a lado com os Recursos Humanos. “A gente veio do RH e está investindo em uma tecnologia aplicada ao RH”, explica a sócio diretora.“É uma consultoria online, mas é importante que a pessoa sinta o approach, como se fosse algo presencial. A gente buscou colocar na plataforma online toda uma prática que fizemos em empresas durante 20 anos e que sempre deu certo”, acrescenta.

A especialista diz que no Brasil o processo de transformação digital nas empresas ainda é encarado com uma certa resistência, principalmente por conta dos custos, já que 90% dos negócios no país são pequenos ou médios. A partir daí, a GP visa orientar os empreendedores a, aos poucos, conduzirem práticas e adotarem softwares mais modernos nessas empresas a fim de não perder competitividade e também de conseguir realizar uma gestão de qualidade e planejada, para que custos, equipes despreparadas ou outras questões do gênero não surjam como problemas.

Gostou desse post? Compartilhe!