- Início

- Conteúdo

Léo Chaves Fala Sobre Promover Mudanças E Avançar Na Vida

Compartilhe Este Post

Famoso em todo o Brasil pela dupla sertaneja Victor e Léo, Léo Chaves faz importante movimento em sua carreira. Fundador e presidente do Instituto Hortense (voltado à educação infantil) e autor do livro “No Colo dos Anjos”, há cerca de 4 anos, o empresário promove o que ele chama de revolução. “A minha característica  sempre foi a de ser uma pessoa obstinada e intensa em tudo aquilo que eu determinei fazer. Essa é a minha força! As pessoas normalmente ficam presas, acusando algo ou alguém por aquilo que elas mesmas não solucionam. Mas eu vi a necessidade de me reinventar e fui em busca do meu objetivo, por meio do autoconhecimento, da aceitação e da não transferência das minhas responsabilidades”, diz Léo Chaves.

O empresário, aprofunda as suas conversas em temas como autodescoberta, propósito de vida e maneiras para se alcançar a realização. “A gente só consegue fazer o movimento de mudança quando soluciona a não aceitação e as dependências emocionais. Hoje, eu compartilho com as pessoas a maneira como eu me reinvento – diante de um sistema que muitas vezes a gente fica refém: agenda intensa, competição predatória e outra serie de barreiras para romper”, explica, ressaltando que tudo passa pelo autoconhecimento. “Eu não consigo me transformar se eu não soluciono questões ligadas aos meus medos, aos meus traumas, aos bloqueios que me limitam mentalmente”, define.

Como identificar o momento de mudança

De acordo com o cantor, são alguns os sinais que indicam que uma mudança é necessária na vida de alguém. Dentre eles são apontados fatores como a ansiedade - transtorno no qual o Brasil apresenta a maior taxa do mundo - segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), conflitos frequentes gerados com outras pessoas, além de angústia ou desencadeadores de tédio e depressão.

Léo acrescenta que as pessoas muitas vezes ficam em um movimento de ida e volta em suas vidas, mas sem sair do lugar, o que acarreta ainda mais na necessidade de se reinventar. “É uma zona de conforto perigosa ao qual muitas vezes, sem perceber, passamos um considerável tempo de nossas vidas, presos. Eu costumo dizer que é a poltrona do conforto e quando eu não me transformo, a vida faz esse papel de mudança. Mas ela não oferece cardápio e isso pode ser muito mais duro”.

O papel do RH na mudança

Leo é enfático em falar sobre a autonomia do indivíduo diante de todas as situações. E esse poder da liberdade e da autenticidade deve estar presente no ambiente profissional, disseminado – prioritariamente – pela área de gestão de pessoas. “O RH é o alicerce dentro das empresas para esse movimento contínuo de evolução, realizando um trabalho que favoreça o autoconhecimento de seu público interno, para que o resultado seja de felicidade dentro e fora da empresa desse profissional”, finaliza Leo Chaves, que será um dos palestrantes do Conarh 2018, com o tema Caminhos para a realização de grandes mudanças e a descoberta de seu propósito de vida.

Gostou desse post? Compartilhe!