- Início

- Conteúdo

Entenda Como A Inteligência Artificial Pode Ajudar No Seu Recrutamento

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

Compartilhe Este Post

Recrutadores ainda hoje sofrem com a falta de tempo devido à quantidade de processos operacionais que poderiam ser otimizados. Por isso mesmo, buscar novas ferramentas para ajudar no recrutamento e seleção é tão importante.

Nesse cenário, temos a Inteligência Artificial, uma verdadeira evolução em Recursos Humanos e que possibilita mais agilidade e eficiência ao automatizar etapas e diminuir a chance de erros na triagem dos candidatos. 

Um dos melhores benefícios é a capacidade de lidar com uma grande quantidade de currículos de forma objetiva e eficiente, impactando diretamente na redução da carga operacional e no tempo necessário para fechar uma vaga, já que acelera o processo ao encontrar os candidatos mais promissores.

Mas não é só isso. Há uma democratização no recrutamento, pois a avaliação é baseada não somente na intuição e tempo de experiência do recrutador, mas em dados, probabilidades, habilidades e competências ao invés de características pessoais dos candidatos. Evita, portanto, processos enviesados e inclui minorias, mulheres e afrodescendentes. 

Como a inteligência artificial age no recrutamento e seleção

A inserção da tecnologia na aquisição de talentos tem diversas aplicações e traz grandes facilidades ao envolvidos. Sabe aquela etapa exaustiva e lenta de analisar os currículos um a um para separar os melhores?

Com a I.A, esse estágio deixa de existir no campo real e passa a ser feito totalmente no mundo virtual. Um ATS (Applicant tracking system) com essa tecnologia faz avaliação automática dos currículos, selecionando os que mais atendem às exigências do cargo.

Na prática, isso significa que, depois de abrir uma vaga, os candidatos são ranqueados via algoritmos e os perfis mais compatíveis irão se destacar, ficando nas primeiras posições. 

Isso porque esses mesmos algoritmos avançados focam em entender o padrão procurado pela empresa dentre características mensuráveis e identificam, de forma automatizada, os currículos mais promissores. 

Assim, você ganha tempo e analisa mais a fundo os candidatos com maior potencial e afinidade. Resultados: menor quantidade e maior qualidade nos perfis chamados para as entrevistas.

Porém, saiba que a tecnologia é parceira, e não substituta do profissional de Recursos Humanos! Parte das características de um candidato são subjetivas e não estão escritas no currículo - as chamadas soft skills - e que precisam ser avaliadas através da interação entre recrutador e candidato. 

Nesse cenário, a área de gente e gestão terá que se adaptar ao futuro do recrutamento e seleção se quiser vencer a guerra por talentos, cada vez mais acirrada. Por isso, uma ferramenta virtual é uma opção cada vez mais atraente para possibilitar processos mais seguros, rápidos e transparentes.

A Gupy é uma delas e hoje, concorre ao prêmio Top of Mind de RH 2019, na categoria Site para Recrutamento. Que tal nos ajudar a chegar ao topo e nos possibilitar contratações cada vez mais justas, rápidas e encantadoras?

Por Mariana Dias, CEO e Co-founder da Gupy, plataforma de Recrutamento e Seleção pioneira no uso de inteligência artificial no país. Para gerar contratações mais ágeis, justas e encantadoras, a empresa oferece um sistema que centraliza todas as etapas do processo seletivo em um só lugar. Acesse: Gupy.io

Gostou desse post? Compartilhe!