- Início

- Conteúdo

Engaja...m....e......n..........t...........o

Coluna

Compartilhe Este Post

Eu quero! Esta breve expressão demonstra o interesse de alguém por alguma coisa. Soa imensamente óbvio, não? Mas, vamos combinar que ter esta vontade genuína de nossos liderados, líderes, pares não é tarefa tão óbvia assim.

Tocar o desejo das pessoas demanda saber que desejos são esses. Muitas vezes imaginamos, supomos, mas raramente de verdade perguntamos ou ouvimos pra valer!

Em minhas consultorias e sessões de coaching apresento algumas perguntas que também soam óbvias, mas que poucas pessoas de fato chegaram a considerar antes de ouví-las.

Tive um cliente que disse para mim: "Tiago, estou em um dilema, quero ajudar na causa da sustentabilidade da natureza, como por exemplo no projeto TAMAR, que chama muito minha atenção. Mas, com meu trabalho não vejo como unir estas coisas e largar o que faço apenas para me dedicar a isso, me parece inadequado agora e em contrapartida não estar atuante em uma iniciativa como essa, do projeto TAMAR, sinto-me incompleto." Então perguntei ao Eduardo: "Du, você já ligou no projeto TAMAR para saber o que eles precisam? Dentro daquilo que precisam, então descobrir qual opção casa com sua situação atual?" Ele me olhou com uma cara de espanto. Afinal, a pergunta era óbvia! Muitas vezes nos prendemos aos "achômetros" e travamos nossas opções em um mindset fixo, nunca indo ao fato de verdade.

Você talvez me pergunte: "Tiago, o que isso tem a ver com engajamento?" Simples! Saber o que motiva o outro e com isso alinhar com aquilo que motiva você.

Imagine que você tem que engajar sua equipe em um projeto novo, digamos de transformação digital! Parece super motivador, tecnologia, novidades, atualidades, possibilidades. E mesmo assim talvez você veja faces descrentes em seu time, que no começo se animam com este cenário, mas quando os dias passam e as mudanças necessárias vêem, a turma toda, ou quase que toda desanima, vai cuidar de outras coisas, dá pouca importância, afinal, pensavam que seria algo diferente.

Estamos cercados de situações "óbvias" em nossas vidas e mesmo assim elas passam despercebidas, principalmente por que deixamos de lado justamente o essencial Queremos dar um salto no digital, no ágil, nos sprints e rápido deixamos de cuidar do que sustentará toda a mudança! Deixamos de lado o que engaja de verdade, a vontadegenuína de seguir no novo caminho!

Trata-se de uma jornada, qualquer projeto, seja ele longo ou curto. E como tal, há um destino para esta jornada. Há uma caminhada, um preparo. Creio que a visão de Antoine de Saint-Exupéry traduz bem isso: "Se você quer construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano.”

Em suma, hoje em dia (e para o futuro que cada vez chega mais rápido), engajar significa saber do Mindset de sua equipe e do mindset necessário para a transformação!

Dedique-se a isso e o resto será consequência!

Um grande abraço,

Por Tiago Petreca, diretor fundador e curador chefe da Kuratore - consultoria de educação corporativa. É um dos colunistas do RH Pra Você. Foto: Divulgação O conteúdo dessa coluna representa a opinião do colunista.

Gostou desse post? Compartilhe!