A otimização dos custos dentro das empresas tem feito com que muitos profissionais optem por empreender. E hoje, nós temos dois tipos de empreendedores no país: aqueles que empreendem por necessidade; e os que criam negócios tendo como base nas oportunidades que descobrem no mercado.

De acordo com a pesquisa GEM 2017, do SEBRAE/IBQP, a taxa total de empreendedorismo foi de 36,4%. Isso significa que de cada 100 brasileiros adultos (18 - 64 anos) 36 estão envolvidos com alguma atividade empreendedora, sendo na criação ou aperfeiçoamento de um novo negócio, ou na manutenção de um negócio já estabelecido. Em números absolutos isso quer dizer que temos quase 50 milhões de brasileiros atuantes no empreendedorismo, dos quais 24 milhões são mulheres. Além disso, os jovens de 25 a 34 anos foram os mais ativos na criação de novos negócios, representando 30,5% de todas as empresas criadas.

Empreender será o negócio do futuro e o novo plano de carreira para uma parte significativa da população brasileira como mostra os dados da pesquisa do SEBRAE.

O modelo de empregabilidade está mudando, assim como as leis trabalhistas, o que está favorecendo o novo modelo de trabalho. O colaborador com espírito e características empreendedoras será capaz de construir uma história inovadora para sua carreira não importando seja qual for sua área profissional. O mundo é evolutivo, uma orbita que não fica parada, antes eram necessários profissionais mecanizados, mas hoje o mercado precisa de profissionais tecnologicamente ativos. Antes pessoas apertavam parafusos, hoje robôs fazem este papel e a exigência por mão de obra preparada e qualificada é crescente.

Ter uma visão empreendedora é imprescindível em todas as áreas e posições de trabalho. O essencial é enxergar além das tarefas e ter uma visão estratégica trabalhada em médio prazo com uma operação otimizada de curto prazo. Faça com que o seu talento se torne o seu melhor empreendimento e terá uma carreira de sucesso em suas mãos.

Por Andreia Deis, coach, professora e orientadora vocacional

Foto: Paula Bareta / Divulgação