atração

Digitais, pragmáticos e pouco otimistas: o perfil da Geração Z no mercado de trabalho

Digitais, pragmáticos e pouco otimistas: o perfil da Geração Z no mercado de trabalho
Nascida entre 1995 e 2010, a chamada Geração Z, aos poucos, começa a cavar o seu espaço no mercado de trabalho, trazendo consigo novas perspectivas, ideias e maneiras de enxergar o ambiente corporativo. E para entender melhor as características destes novos profissionais, a MindMiners, empresa de tecnologia especializada em pesquisas digitais, promoveu um levantamento com 1000 respondentes para identificar as diferenças e semelhanças da Geração Z com a sua antecessora, a Geração Y (1981-1994). Geração menos otimista e causas pelas quais...

Conteúdo exclusivo para assinantes ou cadastrados.

Já tem cadastro ou é assinante?

Cadastre-se grátis

Tenha acesso a este e outros conteúdos gratuitos.