- Início

- Conteúdo

Como ter uma boa presença executiva

Compartilhe Este Post

De acordo com uma pesquisa do Center for Talent Innovation, a presença executiva afeta em até 26% a chance de um profissional ser promovido. Mas, você sabe o que isso significa? 

Segundo Ilana Berenholc, especialista em Personal Branding, profissionais com  essa característica são aqueles que projetam uma energia positiva, cativam e engajam outras pessoas. "Eles conhecem seus pontos fortes, habilidades e trunfos e sabem como criar valor para seus clientes e para suas equipes. São vistos como autênticos, influentes, decididos e confiantes", destaca. 

Ilana explica que presença executiva é fruto da combinação de atributos pessoais e profissionais com habilidades de comunicação e comportamento, que fazem com que o profissional se expresse ao máximo, revelando o melhor de si, e seja reconhecido por seus talentos e habilidades.

De acordo com a psicóloga e especialista em Recursos Humanos, Bárbara Lima, a presença executiva gira em torno da potencialização de características que, juntas, formam um líder. “Um bom líder é conduzido por sua presença executiva. É um conjunto de características que, somadas, fortalecem o processo de liderança, o que tem por consequência a formação de uma equipe mais engajada. Ter humildade e coragem para sair da zona de conforto são essenciais”, aponta.

Mas, então, como desenvolver essa presença? Abaixo, Ilana listou as características de um profissional com forte Presença Executiva. Confira:

Autoconhecimento: Ele conhece seus pontos fortes, seu diferencial, a forma que impacta as pessoas e está atento aos pontos que podem ser desenvolvidos.

Sinergia: Sabe combinar sua marca pessoal com a marca corporativa que representa.

Habilidades de comunicação: Se comunica de forma confiante, clara e decidida, demonstra energia e utiliza positivamente sua linguagem corporal.

Equilíbrio: Sabe como controlar suas emoções, consegue ler o outro e reagir a suas emoções de forma equilibrada. Sabe se manter calmo sob estresse.

Estar presente: Escuta ativamente e mantém-se focado no aqui e agora.

Intenção: Sabe se posicionar dentro da empresa e perante os clientes e se articula com clareza.

Conexão: Desce ou sobe os degraus necessários para criar conexão com o outro, escuta de forma a gerar novas possibilidades.