- Início

- Conteúdo

Como o employee experience contribui para atrair clientes ao negócio

Compartilhe Este Post

O employee experience entrou de vez em pauta na realidade de empresas que visam potencializar a sua competitividade. O conceito, que se refere às ações e ao mapeamento da jornada do colaborador dentro de uma organização, se tornou fundamental para que líderes e gestores desenvolvam práticas efetivas de atração e retenção de talentos.

De acordo com o relatório Employee Experience Brasil 2019, realizado pela SocialBase, os negócios passaram a olhar com mais cuidado para seus times de trabalho. 65,9% dos respondentes manifestaram concordância com a famosa frase do CEO da Virgin Group, Richard Branson, que diz que “os clientes não vêm primeiro. Os funcionários vêm em primeiro lugar. Se você cuidar bem dos seus funcionários, eles cuidarão bem dos clientes”.

Além disso, segundo o levantamento, 85,3% dos entrevistados acreditam que a gestão da experiência do colaborador se tornou mais importante do que era em 2017. E mais de 88% dos participantes crêem que o EX será ainda mais crucial para as organizações até 2021.

Os dados do estudo mostram que a preocupação com a experiência do colaborador não é mais uma tendência, mas sim uma realidade que se fortalece corporativamente. “Investir na experiência do colaborador significa desenvolver ações que promovam o bem-estar e o crescimento das equipes, como consequência há uma melhora gradativa do clima organizacional, fortalecimento da cultura, funcionários mais engajados e produtivos, além da redução da rotatividade e aumento na atração e retenção de talentos”, pontua André Franco, CEO do Dialog.ci.

A atração de clientes via Employee X

O executivo acrescenta que um trabalho bem incorporado de employee experience é determinante no processo de construção de marca, uma vez que “quanto mais engajado, capacitado e alinhado com a corporação o profissional estiver, mais ele vai se sentir apto a crescer em um ambiente saudável e conquistar clientes fiéis - ou até mesmo trazer inovações que otimizam ainda mais o Customer Experience”. 

Franco esclarece que  para as empresas que estão começando a investir em ações de employee experience, o melhor caminho é tratar esse conceito da mesma forma que lidam com a experiência do cliente, ou seja, apostar na personalização das mensagens, comunicação transparente e autenticidade.

“Tudo deve começar de dentro pra fora, alinhar a estratégia seguindo um fluxo onde o colaborador faça parte da experiência e ele carregue consigo a sua essência de marca. Afinal, ele faz parte da empresa, é o porta-voz da marca/empresa e faz seu negócio continuar existindo. Antes mesmo de começar a implementar novas ações e iniciativas, é fundamental ouvir o que os colaboradores têm a dizer sobre o ambiente, e mapear as necessidades e fragilidades, através de uma pesquisa de clima organizacional”.

A pesquisa da social base revela que as áreas de RH (43,9%) e de comunicação e marketing (31,6%) são as mais envolvidas em ações de employee experience. E é exatamente na conexão entre os segmentos que Franco diz estar o ponto estratégico para o desenvolvimento de um modelo de trabalho que centraliza o colaborador.

Para fazer as áreas convergirem, nada melhor do que unir forças entre as equipes de marketing e de RH para construírem juntos essa estratégia. O marketing pode ter um papel fundamental para criar essa afinidade entre a empresa e o colaborador, tornando a experiência positiva e ele um novo defensor da marca. Independente do caminho escolhido, é preciso que a empresa tenha um propósito e que sustente os valores que acredita, atraindo colaboradores alinhados  com o perfil da marca e que podem ser futuramente uma das chaves para o sucesso”, explica.

Faça do Employee Experience o grande diferencial do seu negócio

Você sabe como implantar o employee x de forma efetiva em sua empresa? O que falta para tornar a experiência do colaborador ainda mais produtiva e, consequentemente, positiva para o crescimento do negócio? Quais os melhores caminhos para desenvolver o EX em empresas de pequeno, médio e grande portes? Para ter as respostas destes e outros questionamentos, conferir conhecer cases de sucesso, estatísticas, e muito mais sobre a força do employee experience nas empresas do país, venha conosco participar do RH TopTalks.

Um dos mais importantes eventos de Recursos Humanos do ano está na reta final para você garantir a sua participação. Clique no banner abaixo para mais informações e não marque mais nada para a próxima quinta-feira (19), a partir das 8h40. Venha com a gente fazer o RH cada vez mais forte no Brasil!

Você também vai gostar