- Início

- Conteúdo

Como fazer a contratação de funcionários durante a quarentena?

Compartilhe Este Post

Há algum tempo, já existe no mercado uma percepção de que o RH tem passado por uma mudança completa, algo motivado, principalmente, pelo surgimento de novas tecnologias.

No contexto atual, com a crise trazida pela pandemia do coronavírus, mesmo aquelas empresas que ainda resistiam em se adaptar a essa nova realidade estão precisando contar com esses recursos. E a contratação de funcionários é um dos principais processos que têm passado por essas mudanças.

Com a necessidade do isolamento social, os negócios têm percebido que, para contratar na quarentena, realizar reuniões e até mesmo fazer testes psicológicos e de habilidades, além de acompanhar a rotina e os resultados dos colaboradores, não é preciso reunir os candidatos presencialmente.

Neste artigo, você vai ver como o Tangerino realizou contratações de forma totalmente online, e dicas de boas práticas para que a sua empresa faça a admissão de novos colaboradores a distância, além de treiná-los e acompanhar o dia a dia por meio da tecnologia.

É possível contratar na quarentena?

O processo de contratação de funcionários, geralmente, é envolto em um fluxo de procedimentos que pode chegar a ser burocrático.

Desde o recrutamento e seleção, entrevistas de habilidades técnicas e psicológicas, passando pela entrega de documentação, até o preparo para receber o funcionário e a contratação, de fato, a empresa e o funcionário passam por algumas etapas.

Mas, e no atual contexto, em que não é possível realizar essas etapas da forma costumeira, com o candidato comparecendo para o processo seletivo? 

Ou, algo ainda mais atípico, quando ele não pode estar, presencialmente, em contato com os novos colegas de trabalho, já que a empresa está trabalhando em home office?

Para te ajudar a entender melhor esse contexto, abaixo, você verá algumas dicas relacionadas ao planejamento da contratação de funcionário e à adoção de novos formatos para contratar, possibilitados pela tecnologia.

Faça um planejamento para contratar funcionários na quarentena

O primeiro passo para lidar com o processo de contratação a distância é planejar todas as etapas, principalmente considerando que, no contexto do distanciamento social, o novo funcionário precisará contar com recursos para trabalhar em home office, se for o caso.

Por isso, planeje quais serão as etapas desse processo e detalhe aspectos da vaga, como o formato de trabalho (se será integralmente a distância ou se o funcionário precisará comparecer à empresa).

Pensar e planejar uma boa estratégia de onboarding também é fundamental. Em português, o termo significa “embarcar”, que é uma metáfora para a chegada do novo funcionário à empresa. 

São ações aplicadas para recepcionar o novo membro da equipe e fazer com que ele se adapte o mais rápido possível ao dia a dia da empresa, aos colegas de trabalho e métodos, como prazos e políticas internas.

Na prática seria investir em algumas ações, como reuniões online e um suporte de comunicação para que ele tire suas dúvidas.

Principalmente nesse contexto de distanciamento social, passar a sensação de pertencimento a esse novo colaborador auxilia em sua produtividade e também na redução do turnover.

Também é preciso considerar o modo como o novo colaborador será gerenciado. Estando a distância, é importante que o gestor tenha condições de acompanhar o seu desenvolvimento.

Usando a tecnologia para contratação de funcionários na quarentena

Veja algumas possibilidades, trazidas pelo uso da tecnologia, que vão mostrar como contratar na quarentena não é algo impossível de ser feito.

Software de recrutamento e seleção e aplicação de testes online

Existem diversos softwares no mercado que permitem a contratação de funcionários de forma online. Com eles, é possível divulgar as vagas em locais selecionados e escolher os currículos de acordo com os perfis desejados.

Geralmente, são recursos pagos, mas que podem se tornar um investimento com significativo retorno para as empresas nesse momento inusitado. 

Há também a possibilidade de contar com ferramentas que oferecem a realização testes de habilidades técnicas e cognitivas. Normalmente, os testes são aplicados nas empresas, pessoalmente, e depois é preciso separar um tempo para correção.

Com as ferramentas online, o candidato responde às perguntas e os testes são corrigidos, automaticamente, poupando tempo do recrutador. 

Entrevistas por videoconferências

Uma das ferramentas mais utilizadas durante a pandemia, sem dúvidas, têm sido as de videochamadas. No contexto do recrutamento e seleção, além de pouparem o tempo de ambas as partes, que não precisam se deslocar, há a possibilidade de realizá-lo com pessoas que estejam em qualquer lugar.

Há ferramentas que permitem, inclusive, que o recrutador grave a entrevista e depois faça análises do perfil, dos gestos e até das emoções do candidato, com o uso de inteligência artificial.

Controle de ponto digital para gerenciar a jornada de trabalho 

Após o processo de contratar funcionário é preciso ter condições de gerir o seu trabalho a distância e certificar-se da qualidade das atividades desempenhadas. Uma das possibilidades para a empresa é adotar um sistema de controle de ponto online.

De acordo com a lei, trabalhadores que atuam em home office não precisam registrar o ponto. Mas, graças a aplicativos como o Tangerino, um software de controle de ponto que está entre os sistemas alternativos para controle de jornada, as empresas podem contar com essa ferramenta.

O app, que pode ser instalado no smartphone do funcionário, possibilita o registro do horários de trabalho e tem outras funcionalidades que podem ser fundamentais na gestão da rotina do colaborador. Veja: 

  • Check-in de atividades, que permite criar lista de tarefas cotidianas, o que facilita a comunicação entre o funcionário e o gestor, permitindo um controle eficiente das metas;
  • Envio de documentação digitalizada, possibilitando que o colaborador envie documentos digitalizados com segurança, como atestado médico ou documentos pessoais, sem precisar ir à empresa;
  • Acompanhamento da produtividade que, por meio de relatórios de atividades e atividade por ponto, dá ao gestor o acesso a detalhes das tarefas realizadas por seus colaboradores, como a data em que foram feitas, em qual horário e local (quando há a opção do monitoramento georreferenciado). Com a análise do tempo gasto para realização de uma tarefa é possível que o gestor veja a produtividade e, se for o caso, elaborar estratégias para melhorá-la, junto ao funcionário. 

O que achou dessas dicas para contratação de funcionários na quarentena? Apesar de serem muitas as novidades e necessidades de adaptação, a tecnologia tem se mostrado indispensável para as empresas, principalmente em situações inesperadas, como a pandemia do coronavírus. 

Lembre-se de planejar e investir nessas possibilidades para contratar novos colaboradores, mesmo a distância. 

Por Leonardo Barros, CEO do Tangerino, empresa pioneira em controle de ponto digital no Brasil.

Você também vai gostar