- Início

- Conteúdo

Como a marca pessoal pode ajudá-lo a conhecer possíveis colaboradores

Compartilhe Este Post

Tradicionalmente vista como uma prática de marketing para empresas e produtos, as marcas passaram para o planejamento de carreira e busca de emprego. Muitos candidatos agora desenvolvem e aprimoram conscientemente sua “marca pessoal” ou a combinação singular de habilidades, experiência e personalidade que define um indivíduo.

À medida que o ‘branding’ assume uma importância cada vez maior para candidatos a emprego e possíveis empregadores, entender melhor o conceito pode ajudar. As marcas pessoais abrangem, mas vão além das realizações e do conjunto de habilidades das pessoas, em um esforço para dar aos possíveis empregadores um vislumbre do que faz um candidato se destacar e o que os motiva.

Como um dos maiores sites de emprego do mundo, o Indeed tem um ponto de vista privilegiado sobre o universo da ‘marca pessoal’, pois vemos muitos candidatos a empregos em nossa empresa usando maneiras criativas e diferentes para exibir sua experiência profissional.

Aqui estão alguns exemplos de como os candidatos aprimoram sua "marca" individual:

Presença on-line - muitas pessoas usam sites de redes sociais para divulgar detalhes sobre si que dão ao leitor uma visão de sua personalidade. A ampliação dos principais conjuntos de habilidades e do conhecimento do setor por meio de vídeos, postagens em blogs ou compartilhamento de conteúdo é uma forma de mostrar a paixão de um candidato por seu campo de atuação.

Reputação do setor - A marca pessoal também acontece offline. As pessoas participam de entrevistas com a imprensa locais ou do trade e podcasts sobre tópicos do setor para ganhar credibilidade como especialista em sua área. Ao analisar os candidatos a empregos no Indeed, descobrimos que esses tipos de insumos de reputação são valiosos na avaliação do nível de experiência e conhecimento da indústria de uma pessoa.

Colaboração - nem tudo precisa ser feito sozinho. De fato, as colaborações entre um candidato a emprego e outros líderes de pensamento em seu espaço - em podcasts, artigos ou outro conteúdo - mostram que a pessoa trabalha bem com outras pessoas e fornece evidências de criatividade.

Os meios tradicionais de avaliar os candidatos a emprego, como currículos e entrevistas pessoais, fornecem apenas um instantâneo do que um candidato traz para a mesa. Com a marca pessoal surgindo na vanguarda e as perspectivas aprimorando sua “marca” de muitas maneiras criativas, os empregadores podem obter uma melhor compreensão de um candidato e como eles podem se encaixar na sua empresa. 

 

  

Por Felipe Calbucci, Country Manager do Indeed Brasil