- Início

- Conteúdo

Álvaro Mello assume a presidência do ITA, entidade referência no teletrabalho

Compartilhe Este Post

Organizador dos principais eventos internacionais acadêmicos sobre teletrabalho e novas formas de trabalho, o ITA (InternationalTeleworkAcademy) tem um novo presidente: Álvaro Mello, fundador e sócio-diretor da Beca-e-Work, empresa pioneira no Brasil na educação corporativa especializada em teletrabalho.

Em entrevista exclusiva, o presidente afirmou que terá como principais desafios na entidade engajar profissionais, empresários, executivos, profissionais de rede e acadêmicos de todo mundo, além de ampliar e consolidar a atuação da instituição na África, na Oceania e na Ásia. Segundo Mello, o ITA seguirá firme nos propósitos de promover a pesquisa no campo do teletrabalho e outras novas formas de serviços, além de facilitar o intercâmbio entre pesquisadores acadêmicos, profissionais de negócios e formuladores de políticas.

Transformação digital no trabalho

Para Mello, embora as novas tecnologias sejam cada vez mais presentes nas empresas, elas ainda implicam em desafios para que sejam implementadas. “Já começam a fazer parte do ambiente corporativo as situações que a Transformação Digital (TD) e suas respectivas  alterações por meio das  tecnologias disruptivas estão causando nos Processos e Modelos de Negócio.Neste sentido, de acordo com recentes pesquisas, 33% das maiores organizações da América Latina tem a TD como primeira prioridade estratégica em 2018, muito embora  85% dessas empresas avaliem  que a maior dificuldade para a sua implementação é a mudança dos gestores e colaboradores”, diz.

O novo presidente ressalta que a transformação digital terá impacto em relação às pessoas e ao ambiente de trabalho nas seguintes esferas:

  • Crescimento do alcance digital;
  • Ampliação de produtos e serviços;
  • Transição do físico para o digital;
  • Produtos digitais oriundos desde a concepção;
  • Serviços compartilhados (como o Uber e a AirBnb).

A fim de contribuir no processo de adaptação à transformação digital por parte de pessoas e empresas, Álvaro destaca que o ITA seguirá tendo participação no que diz respeito à questão. Dentre os objetivos propostos, o empresário enfatiza a necessidade de se flexibilizar e envolver as mudanças necessárias em cada região do mundo, com a finalidade de acompanhar as discussões do mercado globalizado. Além disso, outra medida será aumentar o alcance geográfico da Transformação Digital.