- Início

- Conteúdo

A importância do olhar inclusivo das empresas para os refugiados

E-book 236

Compartilhe Este Post

“Acho que muita gente nunca conheceu, de verdade, alguém que pediu asilo. Precisamos parar de falar ‘sobre’ refugiados e começar a falar ‘com’ refugiados. É a única forma de perceber que são pessoas como eu e você. Que têm sonhos, aspirações e uma ótima formação também”.

A fala acima é de Anne Riechert, criadora da ReDI School, escola alemã sem fins lucrativos que ajuda refugiados a se integrarem no mercado de trabalho por meio de capacitação digital e tecnológica. Em participação no programa “Pedro pelo Mundo”, da GNT, que explora destinos que tentam se adaptar a grandes mudanças políticas, culturais ou sociais, Anne falou sobre a iniciativa criada em 2016.

“A ideia ocorreu quando eu conversei com um refugiado e pensei ‘que absurdo’. Um cara jovem, fala bem alemão, inglês fluente, tem uma série de talentos úteis para a Alemanha, mas está em um abrigo, tentando aprender sozinho”, disse a criadora da ReDI School. De 2016 a 2018, o projeto já formou 900 alunos com mais de quarenta nacionalidades.

Trazendo essa realidade para o Brasil, até o final de 2018, o País já havia reconhecido 10.522 refugiados provenientes de 105 locais, como Síria, República Democrática do Congo, Colômbia, Palestina e Paquistão. Segundo dados do Comitê Nacional para os Refugiados (CONARE), do Ministério da Justiça, destes, 5.134 continuam com registro ativo, sendo que 52% moram em São Paulo, 17% no Rio de Janeiro e 8% no Paraná.

A maioria tem nível de escolaridade acima da média nacional e, apesar das dificuldades que enfrenta, buscaria mais uma vez o Brasil, caso precisasse novamente de guarida. Embora alguns tenham a alegria de estabelecer laços afetivos com brasileiros, uma parcela ainda sofre discriminação, ganha pouco e desconhece seus direitos.

Este é só começo de um eBook exclusivo que a equipe do RH Pra Você preparou sobre os refugiados no mercado de trabalho brasileiro. Para acessar gratuitamente o material completo, você só precisa clicar na imagem abaixo:

Você também vai gostar