- Início

- Conteúdo

A força de um ídolo na sociedade

CULTURA 185

Compartilhe Este Post

Na infância e adolescência, é comum termos ídolos que moldam nossos comportamentos. São pessoas que nos inspiram de alguma forma, seja porque gostaríamos de ser como elas, ou de estar perto delas. Já na fase adulta, ter um ídolo é ter uma referência de caráter, personalidade, desenvolvimento e sucesso. Ele será alguém que você admira por ser quem é, e também irá te inspirar na hora de tomar decisões importantes na sua vida.

Esse costume de termos heróis para admirar não é algo recente. Na mitologia grega, os ídolos eram personificados em forma de deuses e usados como modelos de conduta. Baseados em fenômenos da natureza, animais ou objetos naturais, esses “mitos” eram responsáveis por ditar regras de convivência social, transmitir ensinamentos aos seres humanos de como lidar com as outras pessoas e consigo mesmo, além de organizar pensamentos e sugerir posturas.

Com o passar dos séculos, a necessidade de admiração se voltou para pessoas excepcionais em suas áreas. Sejam na música, no cinema ou na literatura. Segundo o filósofo Joseph Campbell, para se tornar um ídolo é necessário ter feito algo relevante para uma grande massa, ter conquistado status dentro de seu campo profissional e ser representante de um determinado grupo.

Outra área responsável por criar lendas em meio a população é o esporte. Incorporado pela nossa sociedade como uma forma de atividade de saúde e como ferramenta educativa para ensinar valores morais, como o espírito esportivo, a disciplina e o trabalho de equipe, a prática também desenvolveu atletas de diversas modalidades que se tornaram verdadeiros exemplos a serem seguidos.

O ex-jogador Kobe Bryant, por exemplo, é um deles. Ele entrou para a NBA aos 17 anos e se aposentou em abril de 2016, se tornando uma lenda do basquete americano. Considerado um herói do esporte entre famosos e anônimos, Bryant perdeu a vida aos 41 anos, em um trágico acidente de helicóptero, no último domingo de janeiro de 2020.

Lamentada por multidões em todo o mundo, sua morte deixa, além da tristeza, um legado de inspiração. Bryant conquistou inúmeros prêmios ao longo de sua carreira e se tornou o herói de muitas crianças, adolescentes e adultos. Graças a mistura de talento, longevidade e popularidade entre os fãs, o ex-jogador recebeu diversas homenagens, principalmente de sua nação, que sempre reconheceu a importância de seu papel como ídolo americano.

Com toda certeza podemos considerar pessoas que se destacam em suas áreas modelos de inspiração para a sociedade atual. Pois trilharam um caminho de sucesso e aprendizados. Kobe Bryant, que deu uma grande contribuição no que diz respeito à sucesso, disciplina e persistência, quebrou vários recordes pessoais e de sua equipe. A força de seu legado ainda irá inspirar uma geração de fãs pelo planeta.

Por Flávio Vinte (capa), CEO da Vivaçúcar

Foto: por Uarlen Valério