- Início

- Conteúdo

A escalada do RH à cadeira de CEO da empresa

Compartilhe Este Post

Sempre considerei o RH como o departamento mais importante dentro de uma empresa, como um maestro numa orquestra, afinal através do feeling dos gestores, é formada uma equipe de profissionais de sucesso.

No decorrer de minha trajetória profissional, tenho percebido uma deficiência dos líderes desse setor de conseguirem se mostrar dispostos a alçar voos mais altos, sabe aquela história de quem não é visto, não é lembrado? É exatamente isso! 

Minha observação vai além, muitos gestores desconhecem suas próprias qualidades competitivas e não sabem como se fazer notar na busca de novas oportunidades dentro da empresa. Fato é que o mundo está mudando, se lá atrás pensássemos em tudo o que estamos vivendo agora, jamais poderíamos imaginar uma situação como essa. É necessária uma adaptação rápida, estar atento aos avanços tecnológicos para se tornar competitivo e ser lembrado na hora da promoção almejada.

Por isso, líderes, mais do que nunca é preciso estar envolvido em todas as áreas da empresa, mostrar-se disposto a resolver problemas e estar atento às questões internas das outras áreas para poder opinar com clareza e assertividade.

São muitos desafios para essa alçada à presidência da empresa, na minha opinião, o maior deles é a falta de visão dos grandes executivos, em relação aos líderes de RH, já que na busca de um substituto ao cargo de CEO, eles quase sempre acabam recorrendo a indicações de fora ou de outras áreas como venda, marketing, entre outras. Por isso, reitero mais uma vez sobre a importância de um líder participativo, atento às mudanças, proativo e com conhecimento para uma visão macro do negócio.

A última edição do HR First Class, evento que reúne lideranças da área de RH para discutir soluções, boas práticas e tendências que são relevantes e essenciais ao aprimoramento do mercado, reuniu duas grandes executivas da área,  Nadir Moreno - CEO da UPS Brasil, uma das maiores empresas de logística e remessa do mundo e Fátima Marques - Consultora em Projetos de coaching executivo, conselheira da Fesa Group e investidora em projetos inovadores. No encontro, ambas contaram como através de muito trabalho e dedicação chegaram à cadeira da presidência. 

Nadir que há 13 anos ocupa a cadeira de CEO, contou que só conseguiu gerir a empresa com mais facilidade, a partir do momento que descobriu que cada área em sintonia se completavam: “Eu senti que eu tinha um desafio muito grande para poder entregar, porém na sequência identifiquei que não tinha que saber de tudo e de todas as áreas, e sim estar sempre próxima para poder dar suporte para cada uma delas”.

Já Fátima, ressaltou a importância de ter humildade, adaptabilidade, inovação, de conseguir trabalhar com o outro, de juntar experiências diferentes. Para ela, o gestor precisa engajar e trabalhar com pessoas que muitas vezes são melhores do que ele, finaliza.

São histórias inspiradoras que podem motivar a todos os líderes de RH ou não a chegar ao topo, a CEO. Sabemos que é um caminho de transformações, tudo está diferente, mas conhecimento é a porta de entrada para tudo, nunca é tarde para apostar na sua carreira. Com determinação, você pode chegar lá!

Por Kátia de Boer (capa), Diretora Comercial da Safe Care

Você também vai gostar