- Início

- Conteúdo

7 Passos Para Organizar Uma Palestra Assertiva E Motivadora

Dicas 394

Compartilhe Este Post

Palestras são uma excelente forma de educar o público a respeito de um assunto, fortalecer os valores culturais de uma empresa ou até de apresentar novos produtos e serviços. Porém, para a maioria dos palestrantes, existe o desafio em organizar as informações, preparar a apresentação e lidar com o medo de falar em público. Planejar e realizar uma apresentação que atenda às expectativas e envolva o público exige uma série de cuidados.

Confira 7 passos simples e fáceis de colocar em prática, mas que garantirão o sucesso da sua apresentação:

Saiba qual é o objetivo da palestra e defina o público-alvo

Saber qual é o objetivo que você deseja atingir é o primeiro passo ao organizar uma palestra. E, quanto mais segmentado for esse objetivo, maiores as chances de realizar um evento de sucesso. Lembre-se de que é o objetivo que será a base de todo o planejamento, desde a definição do público-alvo até a apresentação do conteúdo. Pense no tema que quer tratar e estude a melhor maneira de fazê-lo. Será oferecida uma abordagem mais profunda sobre o assunto, com informações mais recentes e específicas? Ou é um tema novo ou sensível ao público, que merece uma abordagem mais leve?

Com o objetivo em mente, é hora de definir o perfil dos participantes. Quem será seu ouvinte? Verifique gênero, idade, nível de instrução, interesses e preferências do seu público. São essas diferentes características que te ajudarão a definir também a apresentação da sua palestra: tópicos que serão abordados, tom da linguagem e nível técnico do conteúdo.

Atenção na data, no horário e local  

Um passo tão simples como esse pode ser um dos fatores determinantes para garantir a presença do público. Por isso mesmo, deve ser planejado com atenção. Ao definir objetivo e público-alvo, verifique as melhores opções de data e horário. Cheque no calendário os feriados e pontes para saber se isso poderá prejudicar a presença dos participantes ou então ser um diferencial para atraí-los.

Quanto ao local, dê preferência para opções de fácil acesso e conhecidas pelo público. Leve em conta também o tipo de palestra que será realizada. Por exemplo, caso o objetivo seja oferecer algo mais intimista, talvez um auditório grande e verticalizado não seja a melhor opção.

Aposte em recursos audiovisuais

Nosso cérebro registra melhor as informações quando conectamos os cinco sentidos: visão, audição, tato, paladar e olfato. Uma informação que chega até nós pelos ouvidos, acompanhada de imagens, tem melhor registro na memória, facilita a aprendizagem e, posteriormente, a transmissão do conhecimento. Dependendo da situação, é possível até dispensar o uso de um texto descritivo ou de uma legenda. Uma apresentação visualmente rica tem o poder de comunicar melhor, aumentar o engajamento, facilitar o entendimento, hierarquizar as informações, conectar ideias e conceitos, proporcionar associação de conhecimentos e pode aumentar em até seis vezes o entendimento e assimilação.

Hoje em dia uma das principais barreiras é tempo disponível e a linguagem visual faz a diferença em conseguir explicar as informações de forma rápida e fácil de ser assimilada. Logo, apoie-se em recursos audiovisuais disponíveis: fotos, gráficos, músicas, vídeos, entre outros. Lembre-se que estes recursos são apenas um apoio, e que as pessoas esperam que você transmita o conhecimento. Sua fala é a principal atração.

Na visão de Renato Gangoni, CEO da Visual Insight Studio, definitivamente, a linguagem visual tem um papel crucial. “O fato é que, em um mercado cada vez mais concorrido, comunicar-se visualmente é estabelecer relações de qualidade. Podendo ser o ponto principal de diferenciação em relação a concorrência”.

Defina parceiros e fornecedores e planeje a alimentação do público

Como em qualquer outro evento, a realização de uma palestra é algo que pode demandar investimentos altos ou baixos, de acordo com o objetivo principal. Por isso, é importante buscar parceiros que ofereçam o melhor custo-benefício.

Antes de iniciar a busca pelos parceiros, é essencial fazer uma lista de empresas e marcas de boa credibilidade com quem você gostaria que sua palestra fosse atrelada. Não se esqueça de verificar o elo entre o público do evento e o público do possível parceiro.

É importante também planejar a alimentação do público. Você precisará de um coffee break, almoço, jantar? Você oferecerá a alimentação? Pense bem em tudo isso.

Estude, ensaie, evite texto demais e atente-se para a sua performance no palco

Existem diferentes recursos que podem auxiliá-lo a organizar uma palestra de acordo com o seu tipo de público, como vídeos e até mesmo podcasts, por exemplo.

Evite textos demais, pois slides cheios de textos não são apenas cansativos, mas também ultrapassados. Por isso, ao organizar uma palestra é preciso pensar em sua apresentação de slides como um auxiliar do orador e não o contrário. E embora seja difícil falar ao público e avaliar a si mesmo simultaneamente, prepare-se para isso. O ideal é priorizar uma fala clara e objetiva. Por isso, ao perceber que está fugindo desse padrão, retome o controle.

Movimentar-se também é fundamental. Porém, fazer isso não significa não parar um segundo. Na verdade, há momentos ideais para se dirigir mais próximo ao público ou chamar atenção para os seus próprios gestos. O ideal é alternar entre momentos parados e movimentando-se, mas dando prioridade ao segundo.

Pense no pagamento e faça a divulgação da palestra

A sua palestra pode ser paga pelo público, por uma empresa ou até mesmo ser de graça. E pensar nisso faz parte de qualquer realização de um evento. Isso te ajuda a definir quais serão opções de pagamento, forma de inscrição etc. Com todos os pontos anteriores de como organizar uma palestra, está na hora de divulgá-la. Planeje quais são as mídias que mais impactam seu público-alvo para ter mais resultados.

Esteja pronto para imprevistos

Mesmo diante de tanto planejamento, acontecem centenas de imprevistos na hora de organizar uma palestra. Por isso, você deve estar preparado. Saia mais cedo de casa, tenha um computador reserva, use mais de um microfone, leve adaptadores de tomada. Pense em tudo, por mais simplista que pareça.

Gostou desse post? Compartilhe!