- Início

- Conteúdo

67% Dos Colaboradores Já Foram Prejudicados Por Colegas De Trabalho

Pesquisas 330

Compartilhe Este Post

Segundo a pesquisa “Clima Organizacional 2019”, realizada pela MA8 Management Consulting Group, no mês de agosto, com 1.287 profissionais, 67% dos colaboradores disseram que já foram prejudicados por colegas de trabalho. A pesquisa foi realizada no mês de agosto de 2019, em todos as regiões do Brasil. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais.

Já quando o assunto pesquisado é confiança no ambiente de trabalho, incluindo caráter e retidão de conduta, apenas 32% dos respondentes consideram que seus pares são pessoas confiáveis.

Segundo Orlando Merluzzi, CEO da MA8 e organizador da pesquisa, “os resultados demonstram que é grande a falta de confiança no ambiente profissional, pois 33% afirmam que não consideram seus pares confiáveis e outros 35% disseram que têm dúvida quanto isso e, em nossa visão, ter dúvidas, no caso de confiança, é o mesmo que não confiar, pois não há meio-termo nesse atributo”, diz ele, que complementa: “todo esse cenário de insegurança e falta de confiança afeta diretamente os resultado das organizações e dos departamentos, individualmente”.

Para a psicóloga e especialista em Recursos Humanos, Bárbara Lima, a resistência em lidar com pessoas e personalidades diferentes contribui para o alto índice da ausência de confiança. “Temos uma tendência muito alta em fazer pré-julgamentos. E quando se trata de uma pessoa que pensa de forma diferente a nossa, nossa resistência em relação a ela aumenta. Procuramos em detalhes tudo o que possa justificar nosso julgamento”, aponta.

Enquanto isso, 27% dos entrevistados acreditam que seus chefes identificam claramente o clima organizacional no ambiente de trabalho, um índice muito baixo, na visão de Merluzzi e que a psicóloga pontua como “dificuldade cada vez maior dos líderes em desenvolver um trabalho humanizado”. 

Dados da amostragem: 

A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 10 de agosto de 2019, com margem de erro de 3 pontos percentuais, intervalo de confiança de 95% e 1.287 respondentes (participantes) qualificados. 58% trabalham no setor privado e 17% no setor público. 53% dos participantes trabalham em grandes empresas (com mais de 500 funcionários) e 12% em empresas médias (entre 100 e 500 funcionários). A maior parte dos participantes têm entre 26 e 45 anos de idade (65% do total).

Gostou desse post? Compartilhe!