- Início

- Conteúdo

5 Dicas Para Melhorar Suas Apresentações Em Público

Competências

Compartilhe Este Post

Segundo um estudo publicado pelo jornal britânico "Sunday Times", o medo que as pessoas têm de falar em público é maior do que o medo de enfrentar problemas financeiros, doenças e até a morte. Travar em uma apresentação de resultados, ficar ansioso por uma reunião de negócios ou esquecer parte do texto do seu TCC são situações comuns para quem tem medo de falar em público.

Quase todo mundo já presenciou alguma cena como essas, ou até já foi protagonista. Pensando nisso, a Conquer, escola que ensina habilidades fundamentais para profissionais de diversas áreas, elencou cinco dicas para se sair bem na hora de falar em público.

1 .Prepare-se para o inesperado

Sabemos que falar em público exige preparo. Além de treinar o conteúdo que você falará, chegue antes no local da apresentação, assim você poderá fazer os testes necessários (slides, som, vídeos, etc), se acostumar com o ambiente e escolher o melhor local para se posicionar.

Imprevistos podem acontecer e se antecipar a eles é a melhor postura que você pode ter. Por isso, separe possíveis perguntas que podem ser feitas ao final da sua apresentação, busque conhecer a sua platéia para dar exemplos certeiros e evitar ser pego desprevenido.

  1. Controle a ansiedade

Depois de se preparar para sua apresentação, é possível que você ainda se sinta nervoso ao olhar para todas as pessoas que estarão à sua frente. Se deixar levar por pensamentos negativos de que você vai errar a fala, vai gaguejar ou que vão rir de você, pode afetar seu desempenho.

As respostas do nosso corpo como frio na barriga e mãos tremendo estão ligadas aos pensamentos, por isso: controle-os. Foque nos pensamentos positivos. Não dê atenção ao que pode dar errado, mas lembre-se que você se preparou para este momento. Foque em pensamentos como quão interessante é o assunto que você vai apresentar e como isso vai impactar e melhorar o trabalho/vida dos participantes. Isso vai aumentar a sua autoconfiança na hora de falar em público.

  1. Não esqueça a respiração

Em momentos de ansiedade e tensão acabamos segurando a respiração sem perceber. Com o corpo travado, acabamos saindo do estado natural e evidenciando ainda mais o nervosismo A respiração deve ser sua prioridade antes e durante o início da sua apresentação.

No primeiro minuto de fala a tendência é cair os níveis de ansiedade, ou seja, uma respiração bem trabalhada poderá apoiar neste momento.

Uma das formas de realizá-la é pelo diafragma. Respire lentamente e observe o movimento do seu corpo, o diafragma deve abaixar durante a contração na respiração. Isso auxilia na regulação do organismo e do sistema nervoso.

  1. Cuidado com a postura

O corpo fala e quando nos sentimos amedrontados ele tem a tendência de fechar nossos braços e pernas, além do encurvamento da coluna vertebral e ombros. Esta é a hora de fingir que tudo está sob controle.

Relaxe os ombros, separe um pouco as pernas e mantenha uma postura de confiança com o que está apresentando. Com este movimento, seu corpo passa uma mensagem positiva ao cérebro que aumenta o nível de testosterona, fornecendo mais segurança; ao mesmo tempo em que reduz o nível de cortisol (principal hormônio do stress).

  1. Pausas

É importante sabermos utilizar a técnica de "pausar". Costumamos confundir um bom orador com aquela figura estereotipada de uma pessoa que fala bastante, em um ritmo muito acelerado. Não acredite nisso!

Faça pausas de um a três segundos que podem ser utilizadas tanto para ordenar e separar o conteúdo, facilitando o entendimento do público, quanto para dar ênfase em palavras que merecem mais destaque, trabalhado assim o ritmo e diminuindo a monotonia.

Gostou desse post? Compartilhe!