- Início

- Conteúdo

4 Dicas Para Aumentar A Segurança Dos Celulares Corporativos

Dicas 404

Compartilhe Este Post

A mobilidade corporativa é uma grande aliada das empresas na busca por produtividade, já que é capaz de agilizar processos internos, aumentar a produtividade e reduzir drasticamente os custos da operação. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para que esta facilidade não se torne um pesadelo no que diz respeito à segurança dos dados. Pode parecer elementar, mas muita gente ainda não sabe como evitar vírus no celular corporativo, colocando em risco informações sensíveis e prejudicando o funcionamento do sistema. Pensando nisso, a Pulsus - solução nacional de gerenciamento de dispositivos móveis -, preparou 4 dicas simples, mas muito eficientes, para garantir a segurança dos smartphones e tablets corporativos. 

1 - Habilitar configurações nativas

Ter conhecimento de como habilitar recursos que já vêm de fábrica com os smartphones já é um primeiro passo importante para quem busca métodos de evitar vírus no celular corporativo. Por exemplo, manter o sistema operacional sempre atualizado, com os chamados pacotes de segurança mais recentes, é uma forma de reduzir riscos. 

Além disso, vale configurar o aparelho para permitir apenas a instalação de apps provenientes das lojas oficiais de softwares mobile – a App Store e a Play Store, evitando que aplicativos maliciosos de origem desconhecida infectem os aparelhos. Não se esqueça que, caso sua empresa utilize apps corporativos próprios, essa liberação a softwares externos precisará estar ativa. 

Mesmo com estes cuidados, se o seu aparelho acabar danificado por um spyware ou malware, também há maneiras nativas dos próprios smartphones para lidar com isso: o hard reset. Porém, muito cuidado na hora de pensar em executar esta função, lembre-se que é uma medida extrema, pois todos os dados armazenados no dispositivo serão perdidos.

2 - Usar aplicativos antivírus

Além das funcionalidades nativas dos smartphones, é possível evitar a contaminação por vírus utilizando aplicativos desenvolvidos especificamente para este fim. Atualmente há uma grande variedade de antivírus no mercado, com opções pagas e gratuitas. A dica é optar por marcas conceituadas, que já atuam há mais tempo neste mercado.

Esses softwares têm a capacidade de detectar quando um aplicativo malicioso está tentando ser instalado no seu smartphone; a maioria também verifica arquivos, documentos, imagens, vídeos e demais dados contidos no aparelho. Além disso, podem atuar na remoção de vírus já existentes no dispositivo. É importante também manter o app de antivírus atualizado constantemente, garantindo assim proteção contra novas ameaças que surgem todos os dias na internet.

3 - Ter hábitos saudáveis de uso

Além de contar com mecanismos tecnológicos que façam com que você se sinta mais seguro no uso de dispositivos móveis corporativos, é importante também adotar alguns costumes e hábitos saudáveis de utilização do aparelho. Evitar se colocar em situações de risco cibernético é uma das formas mais eficientes de manter os dados corporativos em segurança. 

Portanto, não abra links suspeitos, faça download apenas de arquivos conhecidos, nunca empreste seu aparelho empresarial para terceiros, nem navegue em conexões desconhecidas ou suspeitas. Além disso, claro, tenha muita atenção com os sites que acessa e com os aplicativos que você faz download e executa.

4 - Gerenciar dispositivos corporativos

Uma outra maneira segura e eficiente de evitar vírus no celular corporativo é contar com uma ferramenta de gerenciamento de dispositivos móveis (Mobile Device Management, ou MDM, em inglês). Uma solução MDM pode proteger dispositivos corporativos de forma eficiente porque permite que sejam instalados e executados apenas os aplicativos liberados pelos administradores dos aparelhos.  

Além disso, é possível restringir o acesso a sites perigosos e impedir o envio de documentos remotamente. Uma solução como esta ainda permite ao gestor que acompanhe o trabalho dos colaboradores, propicia ganhos na vida útil da bateria e um uso racional de todos os dispositivos, reduzindo custos e aumentando a produtividade das equipes que atuam em campo. 

Gostou desse post? Compartilhe!