- Início

- Conteúdo

23º Top of Mind de RH abre segunda etapa de votação

Compartilhe Este Post

A partir desta segunda-feira (4 de maio) até o dia 2 de outubro, está aberta a segunda etapa de votação do Top of Mind de RH. Após a divulgação da lista do TOP5, com os profissionais e empresas mais lembrados pela comunidade de Recursos Humanos, a nova fase de votos definirá o grande vencedor de cada uma das 33 categorias do maior prêmio do segmento, cuja divulgação será feita na grande festa de premiação, em 23 de outubro.

Como funciona a segunda fase?

Assim como na fase inicial de votos, mais uma vez o critério único de decisão é o voto do Colégio Eleitoral do Top of Mind de RH, cujo prazo de solicitação de entrada termina em 18 de setembro. Terão seus votos computados somente profissionais ativos na área de Recursos Humanos. Coachs, consultores e empresários, por exemplo, podem se cadastrar e votar em suas empresas e profissionais de preferência, porém seus votos farão parte somente de uma estatística geral e não serão computados de forma oficial para o prêmio, que considera exclusivamente quem atua no segmento de RH.

Diferentemente da primeira fase, na qual a escolha de indicados é feita livremente e sem limite de empresas e profissionais escolhidos, a segunda etapa é concorrida somente pelos indicados ao TOP5. Para votar, basta acessar https://app.topofmindderh.com.br/ e fazer um breve cadastro (quem já participou da primeira etapa não precisa se cadastrar novamente).

Feito isso, enquanto o sistema autentica suas informações, você já pode ir para a página de votação. Desta vez, em cada categoria o voto só pode ser atribuído a uma única empresa ou profissional. Até o final da apuração, o eleitor pode alterar o seu voto quantas vezes desejar.

Do mesmo modo que na primeira fase, profissionais de RH de uma determinada empresa não podem votar nela própria. Por exemplo, se você é integrante da empresa X, poderá dar o seu voto para a empresa Y ou para a Z. Entretanto, se votar na X, o voto não será validado. 

Empresas que patrocinam o prêmio tem direito a diversas ações estratégicas no Grupo que fazem toda a diferença para sua marca, mas o patrocínio não garante o troféu - uma dúvida que parte da comunidade do Top tem. Reforçamos que todo o poder de decisão é o Colégio Eleitoral. Não há qualquer tipo de pagamento para participar do prêmio e tampouco qualquer tipo de ingerência da promotora nos resultados. Além disso, toda a apuração dos votos é supervisionada por auditoria independente. 

Venha conosco fazer parte da maior premiação de Recursos Humanos do país. Juntos, fazemos o RH cada vez mais forte!

Você também vai gostar