Pesquisa do LinkedIn de 2020 revelou que 70% dos profissionais acreditam que o recrutamento online será o novo padrão após a pandemia. Em meio ao avanço tecnológico, adaptar as atividades do departamento pessoal e dos recursos humanos a essa nova realidade é uma ação necessária, já que se trata de um dos processos mais importantes geridos por esses setores. E no formato digital, torna-se facilitado, mais ágil e assertivo.

Veja a seguir tudo o que precisa saber sobre essa modalidade de recrutamento.

O que é recrutamento digital?

O recrutamento digital é o processo de utilizar a tecnologia para a divulgar oportunidades de trabalho, atrair candidatos, avaliar, selecionar e contratar profissionais para cargos vagos de uma empresa.

Isso inclui páginas de carreira, recrutamento mobile (feito com o celular), provas on-line, vídeo-entrevistas, recrutamento por meio das redes sociais, admissão digital, entre outras ações.

Como a maioria das empresas usa normalmente uma ou apenas algumas das táticas mencionadas, elas ainda estão longe de serem classificadas como uma estratégia digital de recrutamento. Ou seja, ações isoladas não caracterizam o recrutamento digital. Ele ocorre efetivamente quando é implantado de maneira sistemática, planejada e organizada.

Como fazer o recrutamento digital

O recrutamento digital pode ser feito por meio de um software de recrutamento e seleção. Algumas etapas são fundamentais na aplicação desse processo.

1. Estudo prévio

Antes de implantar a inovação no RH de sua empresa, é necessário realizar um estudo prévio das reais necessidades da organização, especialmente no que está ligado aos custos que se pretende reduzir e ao nível de preparo da equipe e dos gestores para conduzir o novo tipo de recrutamento.

2. Planejamento

Em seguida, deve-se planejar o que será feito. O primeiro passo é a definição dos requisitos necessários para a ocupação de cada vaga. O segundo passo é a delimitação do tamanho do processo, ou seja, a quantidade de etapas. Por fim, a estipulação de prazos para cada fase.

3. Atração

A divulgação correta e específica das vagas facilita o processo de atração, pois assim é possível atingir os candidatos certos para as vagas certas. Redes sociais, páginas especializadas em oferta e busca de empregos e o próprio site da empresa são as opções mais recomendadas para atrair candidatos. Impactar um bom número de possíveis talentos irá garantir sucesso nas fases seguintes.

4. Seleção

ANÁLISE DE REDES SOCIAIS

Atualmente, é raro o candidato que não esteja inscrito em alguma rede social, em especial aquelas de ambiente profissional, como é o caso do LinkedIn. Por mais básico que pareça, conferir suas experiências e recomendações é sempre um excelente termômetro. Por fim, não é muito comum, porém os recrutadores podem conferir o perfil dos candidatos em outras redes sociais, como o Instagram, por exemplo.

TESTES DE CONHECIMENTO, PROFICIÊNCIA E FIT CULTURAL

Os testes de conhecimento permitem que o recrutador compreenda se o candidato possui, de fato, as competências que descreve no currículo. A proficiência em línguas é exigida em cargos onde o candidato precisa se comunicar em outros idiomas. Já o fit cultural, avalia se os princípios do candidato estão alinhados aos da empresa. Dependendo do software utilizado, os resultados dessas etapas podem ser automáticos.

ENTREVISTA POR VIDEOCONFERÊNCIA

É a solução para candidatos que concorrem a vagas remotas ou que não moram na cidade em que a empresa está instalada. Por videoconferência, o recrutador também consegue fazer a análise comportamental do candidato de forma mais efetiva, observando detalhes, como comunicação, tom da fala e postura corporal.

Cumpridas essas etapas, tudo direciona para uma seleção assertiva e bem sucedida. Ainda que apresente algumas desvantagens, como maior carga de trabalho para o RH, já que a tendência é de haver participação de um volume maior de candidatos, o recrutamento digital possui mais vantagens, como redução de custos e eficiência, sempre com foco na agilidade e no acerto da seleção. Uma vez escolhido o software de recrutamento e seleção mais eficaz, não há espaço para maiores preocupações.

Como implementar o recrutamento digital nas empresas

 

Por Ronaldo Bahia, fundador e CEO da JobConvo, startup de recrutamento, seleção e admissão digital por meio de inteligência artificial.