Satisfazer os clientes, motivar os funcionários e garantir a produtividade dos negócios, de forma simultânea. Este é o anseio da maioria das empresas – garantir a motivação e o interesse do seu público interno (colaboradores) e, paralelamente, externo (clientes).

O equilíbrio perfeito para o sucesso corporativo. Aliado a uma estratégia consolidada e uma forte liderança, o uso de ferramentas tecnológicas, que fornecem cálculos de dados e algoritmos de entrega de informações, de forma inteligente e rápida, ajuda a dinamizar e otimizar o modus operandi de uma empresa, e isso é a base de tudo.

Estas tarefas são realizadas não somente pelos softwares de gestão, mas por especialistas em logística, gestores e funcionários que estão comprometidos e motivados para a realização do seu trabalho de forma eficiente, ágil e inteligente.

A inovação nunca esteve tão presente como nos dias de hoje, pelo o que já vivemos em um mundo empresarial, que exige cada vez mais autonomia por parte dos colaboradores.

As organizações que se reinventaram e alcançaram uma rápida mudança para o universo digital obtiveram uma consolidação dos seus negócios e, de um modo geral, têm gerado cada vez mais parcerias.

Os ecossistemas de negócios estarão cada vez mais presentes na sociedade, abrangendo um maior número de setores, exigindo dos colaboradores criativos, capacitados e ágeis para serem competitivos entre os principais players do mercado.

Os colaboradores fazem parte da cultura da mudança, sendo estes que farão a diferença para o sucesso das empresas, para serem capazes de desenvolver e melhorar as suas funções na organização. O acesso rápido e organizado às comunicações faz com que se dediquem mais a funções estratégicas e menos às funções rotineiras que serão, consequentemente, mais automatizadas.

Devemos sempre recordar que as companhias são geridas por pessoas e não por softwares ou sistemas, por mais tecnológicas que as companhias desejem ser. A adaptação da cultura organizacional e a estratégia usada nesta integração são fundamentais.

As empresas devem envolver as equipes na capacitação das novas tendências que farão parte da sua nova rotina. Os gestores, por seu lado, poderão, desta forma, analisar o desempenho dos trabalhos com mais rigor e consistência.

Por meio de novas ferramentas digitais, a eficiência e a produtividade aumentam e a convergência entre os vários setores gera uma transparência organizacional, que motiva exponencialmente as equipes. Com comunicação mais rápida e eficaz, conjugada com decisões baseadas em dados específicos, consegue-se uma sintonia organizacional entre as diversas missões.

Assim, os softwares presentes farão com que todas as pessoas e empresas coabitem de forma mais organizada, harmoniosa e justa.

As pessoas por trás da tecnologia

 

Por Marcelo Tupan, COO da Tlantic, empresa de soluções para o varejo. É atualmente responsável pelos programas de transformação da loja através da tecnologia e da inovação de processos. Com mais de 25 anos de atuação exclusiva no segmento de varejo, construiu sua carreira na Sonae (Sonae Distribuição Brasil, Sonae Distribuição Portugal e Sonae Corporate Center). Especialista na gestão de projetos de grande porte em TI, em diversos segmentos, como a implantação global do ERP, implementação Global de Mobilidade e de Operação de loja e de Sistemas de Recursos Humanos, entre outros.